e-Consórcio produzirá caminhões e ônibus Volkswagen em Resende

Imagem ilustrativa da notícia: e-Consórcio produzirá caminhões e ônibus Volkswagen em Resende
CompartilheMontadora
02/10/2019

Södertäjle, Suécia – A fábrica da Volkswagen Caminhões e Ônibus em Resende, RJ, ganhará novos parceiros no chamado e-Consórcio, sistema de produção de componentes elétricos que segue conceito do Consórcio Modular, que serviu como base para a operação de produção de caminhões e ônibus na região sul-fluminense. Oito fornecedores dividirão com a companhia a montagem dos sistemas elétricos dentro da unidade, incluindo empresas que pensarão na infraestrutura oferecida aos clientes dos veículos, para além dos portões da fábrica.

 

Toda a ofensiva elétrica da fabricante de veículos comerciais que integra o Grupo Traton está contemplada no pacote de investimentos de R$ 1,5 bilhão que será aplicado até 2021. Seis empresas colaboraram no desenvolvimento: Siemens, fornecedora de infraestrutura, carregadores e energia para os clientes, CATL e Moura, para gerenciamento, distribuição e manutenção de baterias, e Bosch, Semcon e WEG, que desenvolverão e fornecerão componentes para sistemas elétricos.

 

Esses seis fornecedores são naturais candidatos a compor o e-Consórcio – mas esses parceiros ainda estão em negociação e serão anunciados futuramente. A linha trabalhará em paralelo ao Consórcio Modular dos veículos a combustão, que montará, também, partes dos modelos elétricos.

 

Quatro modelos – três caminhões e um ônibus – começarão a ser produzidos pelo e-Consórcio a partir do fim do ano que vem. O primeiro será o caminhão VW e-Delivery, que desde o ano passado roda em testes com a fabricante de bebidas Ambev, já a primeira cliente do modelo – e que na opinião de Roberto Cortes, CEO da VWCO, opera em um segmento candidato a adotar a propulsão elétrica.

 

“O uso de caminhões elétricos crescerá muito nas atividades ligadas ao transporte urbano, inclusive no Brasil. Esse e-Delivery, desenvolvido pela nossa equipe brasileira, tem bom potencial para ser exportado, inclusive para países desenvolvidos”.

 

Os e-Delivery terão opções de PBT de 4, 11 e 14 toneladas. Todos foram apresentados no Innovation Day promovido pelo Grupo Traton em Södertäjle, na Suécia, assim como o ônibus e-Flex. Segundo Cortes o primeiro a sair da linha será o de 11 toneladas, com motor WEG. O de 4 toneladas, ainda conceito, foi mostrado com um powertrain fornecido pela Hino Motors e tem tração dianteira.

 

Tanto os caminhões como o ônibus e-flex oferecem 200 quilômetros de autonomia. No caso do ônibus, a configuração modular e flexível permite a construção de um ônibus puramente elétrico no conceito plug-in ou trabalhar aliado a um conjunto gerador alimentado por um motor VW 1.4 TSI Flex, ou gás natural, ou biometano – o que estende a sua autonomia. Apresentado no IAA do ano passado, em Hannover, o ônibus só entrará nas linhas de montagem em 2023.

 

Imagem ilustrativa da notícia: e-Consórcio produzirá caminhões e ônibus Volkswagen em Resende

 

Toda a linha elétrica da VWCO será exposta ao público na Fenatran, que abre as portas em 14 de outubro no São Paulo Expo.

 

Foto: Divulgação.