Mercedes-Benz é alvo de fake news

Imagem ilustrativa da notícia: Mercedes-Benz é alvo de fake news

São Paulo – Um áudio que circulou pelo WhatsApp no último fim-de-semana deixou muita gente animada: um homem não identificado disse ter ouvido de representantes do Grupo Martinelli, de Joinville, SC, que o presidente da Mercedes-Benz do Brasil afirmara em reunião na Acij, Associação Empresarial de Joinville, que toda a produção de caminhões da companhia estaria comprometida até março ou maio de 2021.

 

“O presidente [da Mercedes-Benz] disse que se hoje algum transportador quiser comprar dez caminhões, só a partir de maio de 2021 poderia aceitar o pedido”, disse o homem no áudio.

 

De fato o presidente Philipp Schiemer, que não teve seu nome citado no áudio, participou de evento na Acij, cujo presidente é João Joaquim Martinelli, em 4 de novembro – a companhia confirmou, em comunicado. Mas a informação divulgada no áudio não procede.

 

“Gostaríamos muito que o mercado brasileiro estivesse tão positivo a ponto de esgotar a nossa produção”, segue o comunicado. “Mas reforçamos que estamos diante de mais uma fake news’ Os nossos clientes podem ficar tranquilos. Garantimos que temos como atender os pedidos em nossas fábricas”.

 

Veja o comunicado divulgado pela Mercedes-Benz:

 

Imagem ilustrativa da notícia: Mercedes-Benz é alvo de fake news

 

Foto: Divulgação.