Volkswagen convoca recall de 1,8 milhão na China

Imagem ilustrativa da notícia: Volkswagen convoca recall de 1,8 milhão na China

Mais de 1,8 milhão de carros da Volkswagen estão sendo retirados de circulação na China devido a uma bomba de combustível defeituosa. O órgão de defesa do consumidor do país informou na segunda-feira, 4, que os modelos afetados foram fabricados pela companhia e suas duas joint-ventures chinesas, SAIC e FAW.

 

O defeito pode causar o bloqueio do motor devido a uma falha eletrônica na bomba de combustível. Foram convocados os modelos Magotan fabricados de 2007 a 2014, o CC produzido pela FAW de 2009 a 2014, e o Passat produzido pela SAIC de 2011 a 2015. Cerca de 19 mil modelos importados também foram afetados.

 

A VW tomou conhecimento do defeito no componente após uma investigação promovida pelas as autoridades chinesas que começou em abril de 2016. Na semana passada, a empresa convocou 281 mil veículos nos Estados Unidos devido a problemas similares com a bomba de combustível.

 

Em março, a fabricante anunciou campanha de recall que envolveu cerca de 680 mil carros da marca Audi na China por defeitos em bombas de refrigeração que poderiam levar a incêndios no motor. E em maio, a FAW convocou quase 580 mil VW Golf e Sagitar por causa de um defeito do fusível do farol.

 

Foto: Divulgação