Gerdau participa de ação para doar 10 mil protetores faciais

Imagem ilustrativa da notícia: Gerdau participa de ação para doar 10 mil protetores faciais
Foto Jornalista  Redação AutoData

Por Redação AutoData

CompartilheCovid-19
14/04/2020

Caxias do Sul, RS – Em parceria com o grupo Women in 3D Printing Brazil a Gerdau está auxiliando na produção e doação de 10 mil protetores faciais reutilizáveis para profissionais de saúde em ao menos seis estados do Brasil. A iniciativa faz parte do Projeto Hígia, que vem sendo coordenado por rede de mulheres voluntárias, cujo conhecimento em impressão 3D é usado em favor de causas sociais.

 

Para atender à grande demanda também será utilizado o método de injeção plástica, que possui alta capacidade de produção num curto espaço de tempo. O Núcleo de Inovação em Materiais Avançados da empresa mapeou as necessidades das regiões onde a Gerdau atua no País, acompanha o processo de produção das máscaras e garante a logística de entrega, que é feita desde a quinta-feira, 9.

 

Segundo Fladimir Gauto, diretor executivo da área de aços especiais da Gerdau e chefe do NIMA, o núcleo é responsável pelo desenvolvimento de materiais a partir de novas tecnologias. Uma das frentes de atuação do NIMA é a manufatura aditiva, a impressão 3D: “Em meio a esta pandemia identificamos a oportunidade de apoiar o Projeto Hígia contribuindo com a sociedade e os profissionais de saúde, que estão na linha de frente de combate à covid-19”.

 

O modelo do protetor facial foi validado por uma equipe médica, que indicou os principais requisitos para definição do padrão ideal da haste para a cabeça e das folhas de acetato transparentes para proteção de rosto e pescoço. Os itens são entregues depois de saneados com água, sabão e álcool, medida recomendada às instituições que recebem as máscaras, antes de cada uso.

 

Em paralelo a Gerdau entregou 68 litros de álcool 70% à Prefeitura de Charqueadas, RS, onde a unidade está instalada. A capacidade de produção da fábrica é de 30 litros do produto por dia e o suporte técnico é prestado pelo mesmo laboratório que realiza as análises de composição química do aço fabricado na empresa. Ao todo 400 litros do produto devem ser entregues ao município em abril. O produto será destinado a unidades de saúde do SUS e tem potencial para beneficiar duzentas famílias, em torno de 1 mil pessoas. A unidade de Charqueadas tem na indústria automotiva o seu principal cliente com a fabricação de aços especiais.

 

Foto: Divulgação.