China corta 10 pontos porcentuais da tarifa sobre importação de automóveis

A China reduzirá a tarifa de importação vigente sobre automóveis, de 25% para 15%, a partir de 1º de julho. A medida é uma concessão às reclamações comerciais dos Estados Unidos, mas as maiores beneficiadas serão as montadoras alemãs e os próprios consumidores chineses.

 

As tarifas de importação de autopeças também serão reduzidas para 6% -- atualmente varia de 8% a 25%, segundo informações divulgadas pela Comissão de Tarifas Aduaneiras do Conselho de Estado. O Ministério de Finanças da China classificou a ação como uma “medida importante para abrir ainda mais” sua economia.