Mitsubishi Electric espera aumento na demanda com o Rota 2030

São Paulo – A Mitsubishi Electric aguarda com ansiedade a sanção Rota 2030 pelo presidente da República. Fornecedora de automação industrial, a companhia espera que a nova política automotiva impulsione a demanda por novas tecnologias para o ambiente de fábrica, incentivado pelos 10% a 12% de abatimento nos investimentos em inovação.

 

No ano passado, segundo comunicado divulgado pela empresa, o faturamento alcançou 105% da meta estabelecida. A expectativa para os próximos anos é conseguir resultados ainda melhores, com contribuição significativa do setor automotivo.

 

Os principais produtos que podem puxar o aumento da demanda são os CNCs, comandos numéricos computadorizados, da linha M8, que geram alta produtividade, confiabilidade, interatividade e conectividade, em linha com as soluções da indústria 4.0.