JAC confirma fábrica e R$ 200 milhões em GO

Imagem ilustrativa da notícia: JAC confirma fábrica e R$ 200 milhões em GO

A JAC Motors e o governo de Goiás assinaram na segunda-feira, 18, o protocolo de intenções para instalação de uma fábrica de veículos no Estado, conforme antecipou AutoData na quarta-feira, 13. O investimento total na unidade será de R$ 200 milhões, volume acima dos R$ 120 milhões anunciados na semana passada pelo governo do Estado. Na unidade serão produzidos dois modelos de SUV – o T40 e outro ainda que será decidido pela empresa. A fábrica, segundo a JAC, terá capacidade para produzir 35 mil unidades anuais e deverá gerar 820 empregos diretos. O início da produção é esperado para início de 2020.

 

A empresa não confirmou, no entanto, em qual cidade será instalada sua primeira fábrica no País. Segundo o secretário de desenvolvimento do Estado de Goiás, Francisco Pontes, o município que receberá a fábrica será Itumbiara. A empresa havia adquirido o local onde a Suzuki mantinha produção antes de se mudar para Catalão, em 2015. O prédio ainda ostenta a logomarca da fabricante, disse Flávio Caetano, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Itumbiara. A entidade de classe local ainda não foi informada sobre pormenores da negociação.

 

Em 2012, a JAC chegou a lançar pedra fundamental em um terreno em Camaçari, BA, onde iria construir sua primeira fábrica no País. À época, a fabricante anunciou investimento de R$ 1 bilhão para produzir 100 mil carros por ano. No entanto, com o mercado entrando em declínio logo depois, os planos da empresa na região foram ficando mais modestos: o valor de investimento e o volume de produção anunciados inicialmente, cortados na metade. O terreno cedido pelo governo da Bahia, por fim, foi devolvido.

 

Com o anúncio da nova fábrica, termina uma briga dos Estados pela instalação da JAC. Goiás venceu a disputa que também tinha no páreo Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e a Bahia. O governo goiano não revelou se foram oferecidos benefícios fiscais para que a região fosse escolhida, mas afirmou que pesou na decisão da montadora o fato de Goiás ter se tornado um polo automobilístico nos últimos anos. O Estado conta agora com quatro fabricantes: JAC, Suzuki, Mitsubishi e a CAOA, que monta alguns modelos da Hyundai e que, a partir de 2018, também fabricará veículos Chery.

 

Foto: Divulgação.