Onix vende quase o dobro do HB20

Imagem ilustrativa da notícia: Onix vende quase o dobro do HB20

São Paulo - No último mês antes do início das vendas da versão ano/modelo 2019, o Chevrolet Onix foi o automóvel mais vendido do mercado brasileiro, com quase o dobro do volume do segundo colocado. Segundo dados da Fenabrave, o modelo produzido em Gravataí, RS, registrou 15 mil 15 licenciamentos no mês, um avanço de 0,5% sobre maio de 2017, enquanto o vice-líder Hyundai HB20 fechou o mês com 8 mil 513 emplacamentos, uma queda de 4,2% na mesma base de comparação.

 

No terceiro lugar do ranking dos automóveis e comerciais leves mais vendidos em maio ficou o Ford Ka, com 7 mil 639 negócios, queda de 18,1% na comparação com o mesmo mês do ano passado. É outro modelo com potencial de crescimento nas vendas, pois a partir de julho a marca passará a oferecer a versão Freestyle, com aspecto mais ventureiro.

 

A quarta posição ficou com o Volkswagen Gol, com 5 mil 780 unidades, queda de 29,7% na comparação com idêntico mês do ano passado. Um dos motivos para a queda de vendas do Gol é a chegada do novo VW Polo ao mercado: o modelo já apareceu em quinto lugar do ranking de maio, com 5 mil 628 unidades -- por ser recém-lançado não tem base de comparação.

 

O SUV mais vendido em maio foi o Jeep Compass, na sexta colocação geral, com 5 mil 589 emplacamentos, alta de 25,6% ante igual período do ano passado. 

 

O primeiro comercial leve ficou na sétima posição, o Fiat Strada, que emplacou 5 mil 581 unidades, expansão de 21% na comparação com o mesmo mês do ano passado.O Chevrolet Prisma ficou na oitava colocação, 5 mil 22 vendas, queda de 26,3% com relação ao mesmo período do ano passado.

 

A Fiat Toro foi o nono veículo mais vendido, 4 mil 983 emplacamentos, crescimento de 13,2% na comparação com as vendas do mesmo período do ano passado. O Toyota Corolla fecha o Top 10 de vendas, o único sedã médio no meio dos dez mais vendidos de maio, com 4 mil 854 unidades, retração de 12,6% na mesma base de comparação.

 

Foto: Divulgação.