Exportação de peças para a Argentina recua 15%

Imagem ilustrativa da notícia: Exportação de peças para a Argentina recua 15%
CompartilheComércio Exterior
24/09/2018

São Paulo – As exportações de autopeças produzidas no Brasil para a Argentina recuaram 15% em agosto, segundo dados divulgados pelo Sindipeças na segunda-feira, 24 -- caíram caíram para US$ 187,2 milhões no mês passado, equivalente a 25% das vendas externas totais de autopeças.

 

Em agosto essas exportações geraram receita de US$ 762,9 milhões, avanço de 9,2% sobre o mesmo mês do ano passado. Apesar da queda nas vendas a nosso principal parceiro comercial no acumulado do ano, cresceram 47% os embarques para os Estados Unidos, dobraram para o México e avançaram 11,8% as vendas para a Alemanha – os quatro principais mercados representaram quase 70% das exportações brasileiras do setor.

 

No acumulado até agosto as vendas externas cresceram 9,3% com relação ao mesmo período de 2017, somando US$ 5,2 bilhões. Apesar do desempenho de agosto o saldo de vendas para a Argentina segue 3,7% maior do que em 2017, representando 29,2% das exportações do ano.