Vendas no bimestre beiram as 400 mil unidades

Imagem ilustrativa da notícia: Vendas no bimestre beiram as 400 mil unidades

São Paulo – As vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e chassis de ônibus em fevereiro registraram crescimento de 26% na comparação com o mesmo mês em 2018, chegando a 198 mil 653 unidades. Com o resultado, divulgado pela Fenabrave na sexta-feira, 1, o mercado de veículos fecha o bimestre com 398 mil 441 unidades licenciadas, o que indica início de ano positivo: o volume emplacado no janeiro-fevereiro representa alta de 17% ante idêntico bimestre do ano passado.

 

Com vinte dias úteis no mês, a média diária de vendas foi de 9,9 mil veículos em fevereiro.

 

Para o presidente Alarico Assumpção Junior o desempenho das concessionárias no bimestre confirmou a expectativa da entidade: "Ao iniciarmos 2019 projetamos a retomada do crescimento das vendas para todos os segmentos de veículos, baseada na recuperação da economia. Há continuidade da queda na inadimplência, e um crescimento, ainda que modesto, na geração de empregos, o controle da inflação e das taxas de juros, a confiança do consumidor e do empresário em alta”.

 

As vendas de automóveis e comerciais leves chegaram a 189 mil 850 unidades, volume que mostra crescimento de 25% ante o volume vendido em fevereiro de 2018. No bimestre foram 380,5 mil unidades, volume 16,3% superior aos dois primeiros meses de 2018.

 

Os licenciamentos de caminhões também cresceram em fevereiro, apontam os dados do Renavam divulgados pela Fenabrave. No mês 6 mil 816 veículos do segmento foram vendidos no País, alta de 65% sobre o volume emplacado em fevereiro do ano passado. O volume de ônibus vendidos, por sua vez, chegou a 1 mil 987 unidades em fevereiro, crescimento de 75% sobre as vendas em igual mês em 2018.

 

Participação. O desempenho das vendas no segmento de automóveis e comerciais leves mostra a General Motors como líder do mercado em fevereiro apesar do momento conturbado que viveu ao longo do mês, com fatia de 17,8%. A Fiat, marca de automóveis da FCA, segue na segunda colocação, com fatia de 15,13%. Volkswagen, Renault e Ford fecham o grupo das cinco maiores no mês.

 

Foto: Divulgação.