Venda de importados cai 11%

Imagem ilustrativa da notícia: Venda de importados cai 11%

São Paulo – As vendas de veículos importados caíram 11,4%, no primeiro trimestre, na comparação com o mesmo período do ano passado, com 7 mil 494 unidades licenciadas, de acordo com os dados divulgados pela Abeifa, entidade que representa os importadores, na quarta-feira, 3. O presidente José Luiz Gandini disse que a queda no otimismo e na confiança do consumidor tem dificultado os negócios.

 

O câmbio, antigo vilão, segue incomodando os importadores, que trabalhavam com a expectativa de um dólar próximo de R$ 3,50 -- está na casa dos R$ 3,90. Segundo Gandini, a volatividade da moeda estadunidense gera uma série de incertezas para economia brasileira.

 

Mesmo com um primeiro trimestre de retração Gandini manteve a projeção de vender 50 mil unidades no ano, ante as 37 mil comercializadas em 2018 -- e disse que continua otimista com o novo governo: “Acho que a nova equipe econômica está tomando as medidas necessárias e, quando aprovar a reforma da Previdência, o Brasil conseguirá voltar a crescer de maneira saudável”.

 

Em março foram licenciadas 2 mil 524 unidades, queda de 27% na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando foram vendidos 3 mil 457. Com relação a fevereiro houve leve alta de 1,2%.

 

A Kia foi a marca que mais vendeu no mês passado, com 710 unidades licenciadas, seguida pela Volvo com 606 vendas. O terceiro lugar ficou para a BMW, com 327, a Land Rover ficou em quarto lugar com 193 emplacamentos e a Suzuki fecha o ranking das cinco marcas mais vendidas com 179 vendas.

 

Foto: Divulgação.