Onix representa mais da metade das vendas da líder do mercado brasileiro.

Imagem ilustrativa da notícia: Onix representa mais da metade das vendas da líder do mercado brasileiro.

São Paulo – Caso o Chevrolet Onix fosse uma marca que concorresse no mercado brasileiro de automóveis e comerciais leves estaria, até julho, em uma hipotética quarta posição do ranking, atrás apenas de Chevrolet, Volkswagen e Fiat. Suas 136 mil 974 unidades comercializadas no período representam mais da metade das vendas da General Motors, líder com 262 mil 558 emplacamentos.

 

O volume de Onix licenciados supera o da Renault, quarta do ranking com 131 mil 502 unidades, da Toyota, quinta com 123 mil 113 emplacamentos, e da Ford, que caiu para a sexta posição com 122 mil 111 unidades comercializadas. A Ford já enxerga no retrovisor a Hyundai, sétima do ranking com 117 mil 814 modelos licenciados de janeiro a julho – e que, no mês que vem, lança a nova geração do HB20, o segundo carro mais vendido do mercado brasileiro.

 

Ainda no campo da hipótese, sem o Onix a Chevrolet estaria na quarta posição do ranking. Superaria, ainda, a Renault, mas ficaria atrás da Volkswagen, da Fiat e do Onix.

 

As três primeiras do ranking respondem por 46,6% de todo o volume de automóveis e comerciais leves vendidos no mercado brasileiro de janeiro a julho. Apesar de a Anfavea destacar em sua última entrevista coletiva à imprensa a alta concorrência no mercado local, com diversas marcas competindo em vendas, os emplacamentos ainda estão muito concentrados nas três marcas tradicionais.

 

Ranking de licenciamentos por marca – janeiro a julho

 

  1 Chevrolet     262 mil 558
  2 Volkswagen  223 mil 649
  3 Fiat             203 mil 882
  4 Renault       131 mil 502
  5 Toyota        123 mil 113
  6 Ford           122 mil 111
  7 Hyundai     118 mil 814
  8 Honda         75 mil 633
  9 Jeep           73 mil 275
10 Nissan        52 mil 932

 

Foto: Divulgação.