Ainda nos bastidores, Ford trabalha no seu futuro

Imagem ilustrativa da notícia: Ainda nos bastidores, Ford trabalha no seu futuro
CompartilheMontadora
03/10/2019

Rio de Janeiro, RJ -- Os primeiros movimentos de uma nova fase da Ford começam a tomar forma. A parte visível dessa história começa com o patrocínio ao principal evento de música do País este ano, o Rock in Rio. Ali, na Cidade do Rock, além de expor seus produtos e a novidade que será importada da China no ano que vem, o SUV Territory, a Ford encontrou uma ótima oportunidade de dialogar com milhares de jovens, mostrando que a marca está e continuará presente por aqui. Mas é nos bastidores que os movimentos estão mais intensos.

 

A montadora reuniu quinhentos dos seus concessonários no último fim de semana, no Rio de Janeiro. Antes deles assistirem os shows no Rock in Rio houve uma reunião em que o presidente Lyle Watters e muitos dos seus diretores apresentaram parte da estratégia de produtos que começa no ano que vem.

 

Obviamente são informações confidenciais que ainda estão por detrás da cortina. Mas o próprio Watters não esconde a ansiedade para o momento de revelar os planos para o Brasil e a região nos próximos anos. “Estou muito confiante que após definir o futuro da fábrica de São Bernardo poderemos falar sobre o nascimento de uma nova Ford. Foi isso que disse aos nossos concessionários. Teremos novidades em 2020 mas, sobretudo, em 2021”.

 

A expectativa realmente é grande. Alguns diretores e concessionários que circularam na Cidade do Rock no fim de semana não esconderam a empolgação com a receptividade do público aos produtos Ford. “Muita gente perguntando sobre o Territory. Não imaginava uma interação com tantas pessoas aqui no Rock in Rio”, disse um dos executivos que preferiu não ser identificado.

 

Há expectativa nos bastidores que a Ford pode até estar considerando realizar um novo ciclo de investimentos no País, a depender do desfecho sobre o futuro da fábrica do Taboão. Do outro lado do front, uma fonte de AutoData a par das negociações afirmou esta semana: “Não se animem com a possibilidade de um acordo para a aquisição da fábrica da Ford no Taboão”.

 

Sobre o assunto, Lyle Watters prefere olhar para o futuro: “Peço apenas um pouco de paciência, inclusive para o consumidor, que terá grandes novidades em breve”.

 

Foto: Divulgação.