Três grupos foram responsáveis por um terço das vendas globais

Imagem ilustrativa da notícia: Três grupos foram responsáveis por um terço das vendas globais
Foto Jornalista  Redação AutoData

Por Redação AutoData

CompartilheMercado
30/01/2020

São Paulo – Os grupos automotivos Volkswagen, Toyota e Aliança Renault Nissan Mitsubishi foram os responsáveis por mais de um terço das vendas de automóveis e comerciais leves em 2019, segundo um levantamento do site Focus2Move.

 

O Grupo Volkswagen liderou as vendas em 2019, repetindo 2018: somou 10,3 milhões de veículos comercializados, queda de 1% na comparação com o ano anterior e participação de mercado de 12,2%. O Grupo Toyota ultrapassou a Aliança Renault Nissan Mitsubishi  conquistou a segunda colocação do ranking global com 9,7 milhões de unidades vendidas, alta de 2,2% com relação a 2018 e 11,4% de market share.

 

A Aliança caiu do segundo para o terceiro lugar em 2019, com 9,2 milhões de unidades vendidas, queda de 5,9% na comparação com o ano anterior e 10,8% de participação de mercado.

 

Do quarto ao nono lugar as posições ficaram inalteradas, mas, na décima posição, apareceu o Grupo Daimler com 2,6 milhões de unidades vendidas, crescimento de 3,3% na comparação com 2018, desbancando a Suzuki do Top10 global de vendas.

 

O Focus2Move não considerou as vendas dos Grupos FCA e PSA unificadas – ambos se fundiram no fim do ano passado.

 

Veja os dez conglomerados automotivos que mais venderam no mundo em 2019:

   1 Grupo Volkswagen                          10,3 milhões

  2 Grupo Toyota                                    9,7 milhões

  3 Aliança Renault Nissan Mitsubishi   9,2 milhões

  4 General Motors                                 7,7 milhões

  5 Hyundai-Kia                                      7,2 milhões

  6 Ford                                                    4,9 milhões

  7 Honda Motor                                      4,8 milhões

  8 FCA                                                    4,3 milhões

  9 Grupo PSA                                         3,2 milhões

10 Grupo Daimler                                   2,6 milhões

 

Foto: Divulgação.