Volvo Cars projeta vender mais de 4 mil eletrificados em 2020

Imagem ilustrativa da notícia: Volvo Cars projeta vender mais de 4 mil eletrificados em 2020
Foto Jornalista  Caio Bednarski

Por Caio Bednarski

CompartilheMercado
11/02/2020

São Paulo – Junto com o trabalho de ampliar as opções de veículos eletrificados em seu portfólio a Volvo Cars tem meta ousada: pretende que quase metade das suas vendas no mercado brasileiro, em 2020, seja modelos híbridos ou elétricos. Não será pouca coisa: fechou 2019 com 8 mil modelos vendidos e projeta vender 10 mil este ano.

 

“Seria um novo recorde”, disse João Oliveira, diretor geral de operações e de inovação da Volvo Cars para o Brasil. O recorde anterior foi registrado justamente no ano passado. “Deste volume, 43% serão modelos eletrificados. São mais de 4 mil veículos híbridos no nosso mix, mantendo nossa intenção de continuar liderando a eletrificação no segmento premium no Brasil”.

 

Nos próximos dias a primeira versão eletrificada do XC40, seu menor SUV no portfólio local, chegará ao mercado com configuração igual ou parecida à topo de linha.

 

Imagem ilustrativa da notícia: Volvo Cars projeta vender mais de 4 mil eletrificados em 2020

 

A Volvo Cars também aumentou as opções híbridas dos outros modelos, como o XC90 e o XC60, que tinham apenas a topo de linha eletrificada. Agora possuem três configurações, que se juntam ao S90 e ao S60 híbridos, somando oito opções no mercado:

 

“Com o aumento das versões nós conseguimos atuar em uma faixa de preço bem maior e  atender mais clientes interessados. Percebemos que esse segmento atrai cada vez mais clientes no Brasil e isso nos motiva a avançar cada vez mais na eletrificação do nosso portfólio”.

 

O foco principal da companhia até dezembro do ano que vem será a eletrificação, o que envolve o ousado plano de eletrificar todo o portfólio nesse período: “Até o fim do ano que vem eletrificaremos todos os carros que vendemos no Brasil, em todas as suas versões. Não venderemos mais nenhum veículo com motor só a combustão no País, seguindo uma estratégica global da Volvo”.

 

Fotos: Divulgação.