Produção argentina cai 1% no bimestre

Imagem ilustrativa da notícia: Produção argentina cai 1% no bimestre
Foto Jornalista Redação AutoData

Por Redação AutoData

CompartilheBalanço
05/03/2020

São Paulo – Ao contrário do mercado doméstico, que segue em queda livre, a produção de veículos na Argentina fechou o primeiro bimestre com recuo de apenas 1,4%, segundo dados divulgados pela Adefa, associação que representa as empresas fabricantes. Saíram das linhas de montagem 46,8 mil veículos nos primeiros dois meses do ano.

 

Em fevereiro houve recuo de 20% com relação ao mesmo mês do ano passado, para 26,1 mil unidades, justificado, em parte, pela menor quantidade de dias úteis e por fabricantes com linhas paradas para ajustá-las visando à introdução de novos modelos, de acordo com a associação. O volume foi 26,4% superior ao produzido em janeiro.

 

As exportações alcançaram 18,1 mil unidades no mês, 6,8% abaixo de fevereiro de 2019 e o dobro do volume embarcado no mês passado. No bimestre as exportações seguem estáveis na comparação com janeiro e fevereiro do ano passado, com 26,8 mil veículos embarcados.

 

O Brasil foi o principal cliente dos carros veículos argentinos no bimestre, adquirindo 64,6% do volume embarcado. A Colômbia aparece na segunda posição, com 8%, seguida do Peru, com 7,2%.

 

Foto: Divulgação.