Metalúrgicos de Caxias do Sul votam proposta de acordo

Imagem ilustrativa da notícia: Metalúrgicos de Caxias do Sul votam proposta de acordo
Foto Jornalista Roberto Hunoff

Por Roberto Hunoff

CompartilheCovid-19
22/04/2020

Caxias do Sul, RS – Os sindicatos dos trabalhadores e das empresas metalúrgicas de Caxias do Sul e região definiram uma nova proposta de convenção coletiva de trabalho extraordinária visando a adequações de jornadas e salários em função da pandemia do coronavírus. Até às 18h00 da quarta-feira, 22, os trabalhadores poderão opinar sobre a proposta por meio de consulta virtual, pois em razão do isolamento não há possibilidade de realizar assembleia presencial.

 

Com relação à medida provisória 936, editada pelo governo federal, a proposta firmada pelos dois sindicatos estabelece garantia de emprego igual ao tempo definido no acordo, e não conforme necessidade do empresário. Desta forma, mesmo antecipando o retorno ao trabalho, a empresa não poderá fazer a demissão antes do prazo acordado.

 

Além dos valores estabelecidos pela medida do governo, fica estabelecido auxílio mensal para complementação de renda caso os trabalhadores sejam enquadrados na suspensão ou redução de jornada. Os contratados de grandes empresas, com salário mensal igual ou inferior a R$ 3 mil 135 terão direito a auxílio de R$ 100. Os que trabalham em pequenas empresas, com salário igual ou inferior a R$ 2 mil 90, receberão auxílio de R$ 650.

 

Na avaliação do sindicato dos trabalhadores a aprovação do acordo é uma maneira de garantir mais proteção frente à medida provisória. De acordo com o seu presidente, Assis Melo, a proposta do governo "fragilizou o trabalhador, seja pelos acordos individuais, sem a participação de sindicatos, seja por não garantir a manutenção dos empregos".

 

Se aprovada a convenção deve vigorar enquanto perdurar o estado de calamidade pública devido à covid-19.

 

Foto: Divulgação.