Vendas de veículos caem 76% em abril

Imagem ilustrativa da notícia: Vendas de veículos caem 76% em abril
Foto Jornalista  André Barros

Por André Barros

CompartilheMercado
04/05/2020

São Paulo – Concessionárias fechadas, sistemas dos Detran com operação restrita e restrição de circulação em algumas cidades para tentar combater à pandemia da covid-19 derrubaram as vendas de veículos em abril. Segundo divulgou a Fenabrave na tarde de segunda-feira, 4, foram licenciados 55,7 mil automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no mês passado, volume 76% inferior ao do mesmo mês de 2019.

 

Com relação a março, quando metade do mês correu em ritmo normal, a queda chegou a 66%. O quadrimestre registrou 613,8 mil unidades vendidas, recuo de 26,9% na comparação com os primeiros quatro meses do ano passado.

 

O segmento de automóveis e comerciais leves somou 51,4 mil licenciamentos em abril, queda de 76,8% na comparação com o abril anterior. Com relação a março o recuo foi de 67% e, no acumulado do ano, os 583,9 mil veículos vendidos representam queda de 27,1% com relação ao mesmo período de 2019.

 

Segundo a Fenabrave, do volume de veículos leves vendido em abril 50,5% foi por meio de venda direta, modalidade que, pela primeira vez, superou o varejo em um mês – justificada pelo fechamento de concessionárias em grande parte das cidades brasileiras.

 

Em caminhões o recuo, em abril, chegou a 53,9% na comparação anual e a 40% na mensal, com 3 mil 910 unidades comercializada. O setor fechou em queda de 19,2% no quadrimestre, somando a venda de 24,1 mil veículos.

 

No mês passado foram licenciados 460 ônibus, volume 78,5% inferior ao resultado de abril de 2019 e 64,5% abaixo do registrado em março. No acumulado do ano as vendas recuaram 31%, com 5 mil 754 unidades licenciadas.

 

A queda nas vendas atingiu também o segmento de duas rodas, que registrou 28,3 mil unidades comercializadas no mês passado – 70% de queda com relação a abril de 2019 e 62,5% abaixo do volume de março. De janeiro a abril foram licenciadas 275,2 mil motocicletas, volume 21,9% inferior ao dos quatro primeiros meses do ano passado.

 

Foto: senivpetro/freepik