FCA volta a produzir em Betim e Goiana

Imagem ilustrativa da notícia: FCA volta a produzir em Betim e Goiana
Foto Jornalista Redação AutoData

Por Redação AutoData

CompartilheCovid-19
11/05/2020

São Paulo – Após 48 dias de paralisação voluntária por causa da pandemia de covid-19 as fábricas da FCA em Betim, MG, e Goiana, PE, voltaram a operar na segunda-feira, 11. Retornaram ao trabalho cerca de 5,8 mil funcionários das duas unidades – os seiscentos de Campo Largo, PR, onde são produzidos motores, voltaram na segunda-feira, 4. Seguem em trabalho remoto as equipes das áreas administrativas não envolvidas diretamente com a produção, com o objetivo de reduzir o fluxo de pessoas nas fábricas.

 

O retorno será gradual, explica a FCA em comunicado. No decorrer deste mês o ritmo de produção, que estava em 1,6 mil unidades/dia em Betim e 1 mil/dia em Goiana, crescerá acompanhando a demanda do mercado e o próprio aprendizado dos funcionários sobre a nova maneira de trabalhar.

 

Nada é como era antes. Para que as linhas voltassem a operar a FCA adotou diversos protocolos que tornam o dia a dia das fábricas muito diferentes, desde o momento em que o trabalhador se prepara para a jornada diária até a saída da fábrica. Máscaras agora compõem o EPI obrigatório e devem ser colocadas assim que o funcionário entra no ônibus, que agora roda com capacidade reduzida para evitar aglomerações e minimizar contatos.

 

Uma das inovações da FCA foi o desenvolvimento de um aplicativo de autoavaliação. Por meio dele a companhia pretende monitorar os 20 mil trabalhadores e terceiros que circulam pelas fábricas: o próprio trabalhador anota suas condições de saúde e bem-estar e informa se, eventualmente, teve contato com algum caso suspeito ou confirmado de covid-19. A equipe de saúde da FCA será responsável pelo acompanhamento.

 

Antes de entrar na fábrica todos os trabalhadores e terceiros precisam passar por câmeras termográficas que medem a temperatura corporal. Medições superiores a 37,5°C serão encaminhadas a acompanhamento médico.

 

O presidente Antonio Filosa simulou, na semana passada, um dia da nova jornada dos empregados, conforme havia adiantado no Webcon AutoData. “Eu acompanhei pessoalmente todos os passos da nova jornada dos nossos empregados, desde a viagem no ônibus até o momento da volta para casa”, disse, em nota. “Não poupamos esforços e recursos para proporcionar um ambiente seguro e ao mesmo tempo acolhedor para os colegas que estão liderando este momento fundamental da retomada”.

 

Foto: Divulgação.