Renault-Nissan terá 12 novos elétricos até 2022

Imagem ilustrativa da notícia: Renault-Nissan terá 12 novos elétricos até 2022

A Aliança Renault-Nissan tem planos ambiciosos para o segmento de veículos elétricos até 2022: 12 modelos elétricos completamente novos estão previstos para chegar ao mercado, com vários níveis condução autônoma e pelo menos um que não precisará de intervenção humana, segundo o site Automotive News.

 

Também faz parte dos planos à redução de custos com baterias e o aumento da autonomia. Vale destacar que a Mitsubishi também faz parte desse projeto. O Plano Alliance 2022, como está sendo chamado, foi anunciado pelo presidente do grupo, Carlos Ghosn, nesta sexta-feira, 15, em Paris.

 

A intenção é que as empresas da Aliança sejam lideres no segmento de veículos elétricos, autônomos e conectados. O presidente acredita que o compartilhamento de plataforma e componentes dará uma vantagem na disputa pela liderança.

 

Para alcançar esses planos, duas novas plataformas serão construídas: a primeira será usada pela nova geração do Nissan Leaf e do Renault Zoe, enquanto a segunda será destinada a modelos médios, incluindo os da Mitsubishi.

 

Com os investimentos, a expectativa é produzir mais de nove milhões de veículos por ano. Atualmente são produzidos dois milhões em duas plataformas. Em 2022, 75% das marcas que fazem parte da aliança estarão compartilhando motores e outros componentes.

 

A expectativa para vendas anuais é de 14 milhões de veículos até 2022, sendo 1,5 milhão de carros elétricos, aumento de 40% na comparação com o volume que é vendido hoje [10 milhões por ano], crescendo também a receita em R$ 240 bilhões.

 

Com a China com fome de carros, o último país a anunciar intenções de eliminar os veículos alimentados por combustíveis fósseis, seguindo a liderança do Reino Unido e da França, há muito em jogo para as montadoras se empolgando para liderar o segmento de emissões zero.

 

Foto:Divulgação