Até 2022, Aliança R-N-M terá 12 veículos 100% elétricos

Imagem ilustrativa da notícia: Até 2022, Aliança R-N-M terá 12 veículos 100% elétricos

A Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi anunciou na sexta-feira, 2, o lançamento de diferentes projetos destinados a fortalecer suas áreas operacionais de engenharia, produção, compras, satisfação do cliente, pós-venda e desenvolvimento de negócios. A informação foi divulgada pelo Flash de Motor, da Venezuela.

 

A previsão é lançar 12 veículos totalmente elétricos até 2022, bem como a introdução de 40 veículos que terão diferentes níveis de autonomia.

 

A estratégia ocorre quatro anos depois de a Renault e a Nissan, fundadores da aliança, convergirem suas atividades nas áreas de engenharia, produção e gerenciamento da cadeia de suprimentos.

 

A R-N-M disse que este anúncio faz parte do plano estratégico Aliança 2022, que visa alcançar sinergias de mais de € 10 milhões nesse período, em comparação com os € 5 milhões contabilizados em 2016.

 

O presidente e CEO da Renault-Nissan-Mitsubishi, Carlos Ghosn, comentou que a empresa está acelerando a convergência para dar suporte aos seus membros, através do aumento das sinergias entre eles.

 

A previsão é que a Mitsubishi Motors será incorporada em abril às organizações da aliança ligadas às áreas de compras, desenvolvimento de negócios e qualidade e satisfação do cliente.

 

Mais plataformas e carros elétricos - A Aliança informou ainda que a maior convergência servirá para reforçar o desenvolvimento de plataformas comuns para veículos, com a expectativa de que, no final do plano estratégico, nove milhões de veículos derivem de quatro plataformas comuns, em comparação com dois milhões de veículos com duas plataformas de 2016.

 

O plano estratégico prevê, por sua vez, expandir o uso de motores comuns nos veículos das diferentes marcas para atingir 75% dos volumes até 2022, contra 25% em 2016.

 

Foto: Divulgação.