Scania vende 173 caminhões para mineração

Imagem ilustrativa da notícia: Scania vende 173 caminhões para mineração

A Scania fechou os primeiros contratos de venda da linha nova de caminhões para mineração produzidos em São Bernardo do Campo, SP. Desde o lançamento da linha Heavy Tipper, realizado no fim de agosto, até a quinta-feira, 14, vendeu 173 unidades para mineradoras -- no Brasil e na Índia. Segundo Fabrício Vieira de Paula, gerente de mineração da companhia, a meta comercial até dezembro é a venda de trezentas unidades. Para o ano que vem a expectativa é vender até quinhentas.

 Para o executivo o setor, no Brasil, está passando por processo de renovação de frota: “Fechamos um contrato de 28 unidades no dia do lançamento. O modelo gerou interesse em clientes de todos os portes que precisam renovar a frota, um movimento que ganha força agora no segundo semestre”.

 

Os veículos foram vendidos, em sua maioria, por meio de linhas de crédito de bancos de varejo, com recursos próprios das empresas e por meio do Banco Scania em poucos casos.

 

Das 173 unidades já vendidas 73 serão destinados a mineradoras localizadas no Brasil. As cem restantes integram pacote vendido a mineradora indiana, e serão entregues até dezembro. De acordo com Vieira de Paula esse cliente tem a segunda maior frota de mineração composta por caminhões Scania. No mundo o maior cliente, no segmento, é a mineradora Vale.

 

A gama Heavy Tipper, como é chamada a linha de caminhões para mineração, é composta pelos modelos G 480 e P 440, ambos equipados com motor de 13 litros com 480 cv. Essa linha foi lançada globalmente no Brasil após seis anos de desenvolvimento e testes na Suécia, onde fica a matriz Scania.

 

Foto: Divulgação