Ford tem receita de US$ 1,5 bilhão na região

Imagem ilustrativa da notícia: Ford tem receita de US$ 1,5 bilhão na região

O faturamento global da Ford, no terceiro trimestre, alcançou US$ 36 bilhões 451 milhões, resultado da venda de veículos e de serviços financeiros, resultado 1,4% maior do que o registrado no mesmo período em 2016. Na América do Sul a melhora nas condições macroeconômicas, segundo a empresa, gerou o quarto trimestre consecutivo de melhora dos lucros antes de impostos: US$ 1,5 bilhão, que correspondeu à venda de 103 mil veículos, 14 mil a mais do que no mesmo trimestre de 2016.

 

No acumulado do ano, período janeiro-setembro, a companhia também colheu desempenho positivo, US$ 115 bilhões 450 milhões, valor 2% maior do que o obtido no mesmo período do ano passado.

 

Jim Hackett, presidente mundial da companhia, disse que o trimestre demonstrou que a Ford está se adequando para manter a projeções estabelecidas e que a empresa traçou planos para colher os resultados agora: “Também sabemos que devemos acelerar o progresso no curto prazo, ao mesmo tempo em que tomamos as medidas necessárias para redirecionar fundamentalmente nossas operações de negócios para serem mais adequadas ao longo prazo”.

 

Na América do Norte, maior mercado Ford para receita e volume de vendas, foi gerada receita de US$ 20,9 bilhões no terceiro trimestre, US$ 900 milhões a menos do que o valor obtido no mesmo período de 2016. Foram vendidas na região, nos três meses, 650 mil unidades, 37 mil a menos do que as vendas do terceiro trimestre de 2016. Apesar das quedas o desempenho foi considerado equilibrado: “Neste trimestre conseguimos resultados mais equilibrados, com melhorias no crescimento, rentabilidade e fluxo de caixa”.

 

No mercado asiático o lucro antes dos impostos foi recorde para o terceiro trimestre, US$ 289 milhões ante US$ 158 milhões registrados em igual período em 2016. O faturamento na região foi de US$ 3,7 bilhões contra US$ 3,1 bilhões em 2016. Foram vendidos na região 379 mil veículos, 19 mil a menos do que o volume vendido em igual trimestre do ano passado.

 

Na Europa foram vendidos 342 mil veículos Ford de julho a setembro, 22 mil a mais do que o volume de 2016. O faturamento na região foi de US$ 6,9 bilhões, US$ 600 milhões a mais do que o registrado no terceiro trimestre do ano passado.

 

Foto: Divulgação