Com novos projetos Arteb quer crescer até 11%

Imagem ilustrativa da notícia: Com novos projetos Arteb quer crescer até 11%
CompartilheFornecedor
24/08/2018

São Paulo - Depois de passar por processo de recuperação judicial, que começou em 2016, a Arteb, especializada na produção de componentes de iluminação para veículos, esperava crescer dois dígitos em 2018, quando partiria ao mercado em busca de novos projetos. Até julho, o seu crescimento foi dentro do esperado, de acordo com seu vice-presidente Édson Brasil:

 

“No acumulado do ano o faturamento da companhia cresceu de 8% a 10% na comparação com o mesmo período do ano passado, e isto aconteceu em função dos novos projetos nos quais entramos, da atualização do portfólio e por causa do fornecimento de produtos com maior valor agregado, como faróis full led. No fim do ano esperamos registrar alta de 10% a 11%, o que certamente acontecerá se os volumes atuais de produção forem mantidos pelas montadoras”.

 

Os maiss novos projetos da Arteb são os do Ka 2019 e Ka Freestyle, versão aventureira do hatch de entrada da Ford. A expectativa é fornecer para os próximos projetos: “Temos uma unidade dedicada à Ford, em Camaçari, e de lá atendemos toda a linha do Ka, do Ecosport e da Ranger produzida na Argentina. Com essa estrutura que desenvolvemos nossa expectativa é seguir fornecendo para os futuros lançamentos da Ford, ao passo que negociamos para atender outras montadoras em projetos futuros”.

 

Nas outras montadoras, a companhia participa da versão comemorativa do Hyundai HB20, dos Volkswagen Polo e Virtus, do Toyota Etios 2019 e do Chevrolet Onix Joy, que, embora tenha chegado ao mercado com alterações nos faróis, os produtos seguem sendo fornecidos pela Arteb: “Outro fator que nos ajuda a crescer é que a maioria dos modelos para os quais que fornecemos tem volume de produção alto e isso impulsiona nossos negócios”.

 

Para apoiar o crescimento do mercado a Arteb contratou cerca de oitenta novos funcionários ao longo do ano, tanto para unidade de Camaçari quanto para a de São Bernardo do Campo, SP, chegando a 1 mil 350 funcionários.

 

Fotos: Divulgação.