Volkswagen e Renault sobem degraus

Imagem ilustrativa da notícia: Volkswagen e Renault sobem degraus

São Paulo – O mercado de veículos terminou 2018 com Renault e Volkswagen registrando maior crescimento em participação dentre as dez montadoras com maior volume de vendas no período. A Renault saltou de 7,7% em 2017 para uma fatia de 8,7% no ano passado. A parcela da VW, por sua vez, era de 12,5% ao fim de 2017, e fechou 2018 em 14,9%, de acordo com dados da Fenabrave.

 

O quadro mostra a Volkswagen ainda na segunda posição em volume de licenciamentos, mas representa, por outro lado, maior aproximação da líder General Motors, que viu sua fatia diminuir 0,5 ponto porcentual no último ano: de 18% para 17,5%. O desempenho também a levou roubar o segundo posto da Fiat, vice-líder em 2017.

 

No caso da Renault, o desempenho comercial que a fez aumentar participação no mercado interno determinou sua entrada na lista das cinco maiores do País. Dois anos antes, a empresa ocupava sétima posição no ranking.

 

No período a Volkswagen lançou os modelos Polo e Virtus, que registraram vendas relevantes logo nos primeiros meses e ajudaram a companhia a aumentar sua fatia no mercado. Até dezembro foram emplacados 69,5 mil unidades do hatch da VW, terminando o ano como sexto veículo mais vendido. Já o sedan Virtus ficou na 17ª posição, com 41,6 mil unidades licenciadas.

 

Já a Renault ganhou volume de vendas com o lançamento do compacto Kwid, em 2017. Uma estratégia que combinou agressividade nas vendas diretas à pessoa jurídica e abertura de canal comercial na internet levou o modelo a ser o sétimo mais vendido no País no ano passado: 67,3 mil unidades, apontam os dados da Fenabrave.

 

Foto: Divulgação.