Yamalog projeta expansão no Brasil

Imagem ilustrativa da notícia: Yamalog projeta expansão no Brasil
CompartilheTransporte
21/02/2019

São Paulo – A Yamalog, empresa de logística do Grupo Yamaha, comemora dois anos de mercado e prepara plano de expansão até 2021, segundo Eurydes Barcellos, seu diretor de planejamento e operações: “Começaremos a expansão com um centro de distribuição no Paraná, que também atenderá a região de Santa Catarina, e a expectativa é a de que esse centro comece a operar ainda em 2019”.

 

Em 2020 a empresa pretende inaugurar dois novos centros de distribuição: em Minas Gerais, no primeiro semestre e, no segundo, no Rio Grande do Sul.

 

A partir de 2021 a intenção de Yamalog é sair do eixo Sul, Sudeste e Norte e começar a operar em todas as regiões do Brasil: “Nesse período também queremos conquistar a certificação da Anvisa para transportar produtos alimentícios e de higiene pessoal”.

 

A empresa é a responsável, hoje, pelo transporte das motos e componentes da Yamaha que saem de Manaus, AM, para região Sul e Sudeste e também atende a empresas de outros setores, como a Moinhos Cruzeiro do Sul, Norte Brasil e Novelis.

 

Junto com a expansão dos centros de distribuição a empresa quer conquistar novos clientes, principalmente nas regiões Sul e Sudeste, para realizar o transporte para a região Norte. Inicialmente a prospecção será nos segmentos da linha branca e componentes e no setor de duas rodas, no qual a empresa quer transportar os insumos para Manaus.

 

Diante dos projetos de expansão a Yamalog também espera aumentar seu faturamento em, no mínimo, 89% em 2019 na comparação com o ano passado, chegando R$ 105 milhões: “Essa é a projeção mínima, mas acredito que será possível crescer ainda mais”. Em 2022, quando completar seu plano de expansão, a empresa quer faturar R$ 213,1 milhões, mais do que o dobro da projeção para 2019.

 

A frota da empresa é composta por 166 caminhões pesados, das principais marcas do mercado, e todos operam no sistema de leasing, mas a empresa estuda a compra de algumas unidades: “Estamos avaliando adquirir alguns caminhões para compor a nossa frota, utilizando alguns incentivos fiscais que temos. O estudo, porém, está em fase inicial e não sabemos quando isso acontecerá”.

 

A ideia de fundar a Yamalog surgiu após a Yamaha avaliar o serviço de logística prestado pelas empresas parceiras e definir que seria possível reduzir os custos em até 10%, em alguns casos, e melhorar o serviço prestado com uma companhia do próprio grupo. Após dois anos de sua fundação a empresa conta com mais de duzentos funcionários e quatros centros de distribuição que somam 23 mil m². Dois estão localizados em São Paulo, um em Manaus e outro em Belém, PA.

 

Foto: Divulgação.