Meta da Euro Repar é chegar a 400 oficinas até dezembro

Imagem ilustrativa da notícia: Meta da Euro Repar é chegar a 400 oficinas até dezembro

São Paulo – Há pouco mais de um ano e meio no mercado brasileiro a Euro Repar planeja o seu primeiro plano de expansão na América Latina., onde atua no Brasil e na Argentina. A empresa, subsidiária do Grupo PSA no mercado de autopeças, quer aumentar o tamanho da sua rede de oficinas de reparação credenciadas, as Euro Repar Car Service: pretende crescer de 154 para quatrocentas até dezembro.

 

A empresa busca crescimento rápido -- e tem conseguido, pelo menos até agora: em 2017 a empresa dispunha de dezessete oficinas na América Latina. Por aqui pratica modelo de negócio baseado em oferta de linhas de produtos multimarcas e também com uma linha própria. Ao todo são 23 mil itens no catálogo, que a Euro Repar fornece para as oficinas credenciadas e também para a rede de concessionários PSA. Na operação global são cinquenta famílias de produtos com 12 mil referências.

 

Expandir a rede também é uma ambição no âmbito global. Até março a companhia contava com 4 mil unidades espalhadas em 22 países, 1 mil  a mais do que o número de unidades abertas em 2017. Até o fim do ano a expectativa é a de que sua rede seja formada por 6 mil unidades em quarenta países. Até 2023 uma meta mais ambicionasa está presente no planejamento da Euro Repar: 10 mil unidades, com o Brasil representando fatia de 10% do total.

 

A implementação da rede na América Latina começou no Brasil e se estendeu à Argentina, onde as operações começaram em novembro de 2017. Elas serão agora ampliadas a outros países da região. As oficinas brasileiras estão localizadas em diversos estados, e há negociações avançadas para expansão nas regiões Nordeste, Centro-oeste e Sul.

 

A oferta da Euro Repar é dedicada ao mercado de automóveis. No entanto, seu diretor presidente, Eduardo Grassiotto, disse na terça-feira, 23, durante a Automec 2019, que não está descartada a possibilidade de que a oferta seja expandida com produtos para outros segmentos: “Não quer dizer que seja para sempre, mas hoje só trabalhamos com linha leve”.

 

Foto: Divulgação.