Em seu primeiro ano Movent busca novos contratos

Imagem ilustrativa da notícia: Em seu primeiro ano Movent busca novos contratos
CompartilheFornecedor
08/05/2019

São Paulo – Em seu primeiro ano completo de operação própria a Movent, empresa que assumiu o negócio de peças para suspensão da Dana no ano passado, projeta elevar as suas receitas em 15% na comparação com 2018 – quando, no primeiro semestre, a operação em Diadema, SP, foi Dana e, no segundo semestre, Movent.

 

A entrada em novos projetos e as negociações com novos clientes serão fundamentais para atingir esse objetivo, segundo Marcos Bastos, que assumiu o cargo de CEO no mês passado. Segundo ele a empresa já fechou o fornecimento para projetos OEM:

 

“Temos um portfólio muito vasto, que atende a todos os segmento da indústria automotiva. Estamos trabalhando com a nossa equipe de vendas para aumentar nossa carteira de clientes.”

 

A Movent fornece componentes de suspensão e direção, como pivôs, tirantes, barras de direção e suspensão, dentre outras peças, que abastecem veículos de diversas montadoras. “Nossos componentes estão presentes em diversas categorias de veículos, como leves, pesados, fora de estrada e máquinas agrícolas e rodoviárias”.

 

O mercado de reposição é outro a ser explorado pela Movent, ainda que de maneira indireta: segundo Bastos a empresa venderá seus componentes para outras marcas que atuam no aftermarket.

 

A fábrica instalada de Diadema deverá produzir cerca de 4,5 milhões de peças este ano em dois turnos parciais – o primeiro turno tem produção completa, o segundo ainda não. Sua capacidade instalada, porém, é superior a 10 milhões de unidades.

 

A empresa conta com 430 funcionários, mas pretende contratar no segundo semestre: “Vamos aumentar o volume de produção no segundo semestre e, para atender essa demanda, aumentaremos o quadro de funcionários”. 

 

Foto: Divulgação.