Renovado, 2008 tem missão de crescer 30%

Imagem ilustrativa da notícia: Renovado, 2008 tem missão de crescer 30%
CompartilheMontadora
13/05/2019

Tuiuti, SP – A renovação do carro mais vendido da Peugeot no mercado brasileiro, o SUV 2008, chega acompanhada de uma importante missão: elevar em 30% suas vendas. No ano passado foram emplacadas 2 mil 656 unidades do utilitário esportivo, o 47º carro mais vendido no Brasil.

 

O 2008 vendido no Brasil é diferente do modelo comercializado na Europa. O pedido foi feito pela equipe de design da América Latina, que liderou as mudanças. Segundo Daniel Nozaki, diretor de design, a intenção foi deixar o desenho do modelo mais alinhado com o do 3008, bem aceito por aqui. “Depois de muita negociação conseguimos aprovar o projeto”.

 

Na comparação com a linha anterior as principais mudanças externas estão na dianteira, que ganhou nova grade frontal, novos faróis, capô e para-choque. A traseira segue a mesma e, no interior, as novidades são a nova central multimídia com tela de sete polegadas sensível ao toque e o teto solar panorâmico.

 

Seus concorrentes seguem os mesmos: Ford EcoSport, Renault Duster, Honda HR-V e WR-V, Nissan Kicks, Hyundai Creta e Jeep Renegade. Mas agora o 2008 traz itens importantes para elevar sua competitividade, como a transmissão automática de seis marchas acoplada ao motor turbo 1.6 THP de 173 cv, seu topo de linha – antes, o THP só tinha opção de câmbio manual.

 

As pisadas na embreagem, aliás, foram abolidas na linha 2020 do 2008. Desde a versão de entrada só há opção de câmbio automático. Segundo Antoine Gaston Breton, diretor de marketing da Peugeot para o Brasil, a empresa atende à demanda do mercado: “O consumidor deste segmento não quer um SUV manual. Até a linha 2019 oferecíamos duas versões com essa transmissão, a de entrada e a topo de linha, que não chegavam a 15% das vendas”.

 

Ao oferecer a transmissão automática na Griffe THP a Peugeot pretende incrementar este mix de sua versão mais cara – os cálculos de Ana Theresa Borsari são de 10% do total das vendas do 2008. A equipe de engenharia precisou de muito trabalho para conseguir acoplar o câmbio automático no motor turbo sem fazer alterações no projeto. Embora os estudos já tenham começado há algum tempo, havia a necessidade de demanda maior para gerar escala de produção – o que será possível com as novas estimativas de venda.

 

A versão com motor turbo chegará no segundo semestre, mas já há pré-venda. Os primeiros cinquenta compradores terão uma edição especial em parceria com a JBL, que desenvolveu o sistema de som.

 

O 2008 ainda tem três outras versões: Allure e Allure Pack e a Griffe AT. As duas primeiras ficarão com metade das vendas e a intermediária com 50%. A diretora geral considera o modelo a cereja do bolo na construção de nova Peugeot no País:

 

"Com preços que vão de R$ 69 mil 990 a R$ 99 mil 990, lançamos a linha 2020 com mais equipamentos em todas as versões, sem aumentar o preço de nenhuma. Com isso, tornamos o 2008 um SUV ainda mais atrativo".

 

A produção do SUV continuará na mesma linha, na fábrica de Porto Real, RJ, e atenderá a diversos mercados da América Latina: "40% produção é dedicada as exportações e o principal mercado é a Argentina, embora sua situação seja preocupante. Vamos avaliar como será a demanda pelo modelo durante a crise”.

 

Veja abaixo o preço de cada versão e os principais itens de série:

 

Allure - R$ 69 mil 990 - Dois air-bags laterais, ar condicionado manual, faróis com guia de luz em LED e DRL, controle elétrico para os retrovisores, vidros elétricos dianteiros e traseiros, limitador e regulador de velocidade, volante com comandos integrados, Peugeot Connect Radio de 7", Android Auto e Apple CarPlay integrados.

 

Allure Pack - R$ 79 mil 990 - Acrescenta faróis de neblina, volante revestido em couro, câmera de ré, alarme perimétrico, rodas de liga-leve 16.

 

Griffe AT - R$ 89 mil 990 - Acrescenta com ar condicionado digital bi-zone, roda de liga-leve 16" Áquila Diamantada, teto de vidro panorâmico, sensor de chuva, sensor de luminosidade.

 

Griffe THP - R$ 99 mil 990 - Acrescenta motor turbo e Grip Control.

 

Inconcert by JBL - R$ 99 mil 990 - Mesmo itens da versão Griffe THP, mas com o sistema de som desenvolvido pela JBL.

 

Fotos: Divulgação.