PSA prepara nova plataforma para a fábrica da Argentina

Imagem ilustrativa da notícia: PSA prepara nova plataforma para a fábrica da Argentina

São Paulo – O Grupo PSA lançará em 2020 uma nova plataforma de produção para a América do Sul. Embora o presidente Patrice Lucas tenha evitado muitas palavras sobre o veículo, ou os veículos, que serão produzidos nela, adiantou que estará na fábrica de El Palomar, Argentina, e que sua instalação, ali, faz parte de planejamento de negócio desenhado anos atrás.

 

Ainda que os pormenores do veículo estejam ocultos atrás do biombo corporativo, há indícios de que pode tratar-se do novo Peugeot 208, que já foi visto circulando camuflado em cidades argentinas. Se for este o caso surge a possibilidade de que o modelo deixará de ser produzido na fábrica de Porto Real, RJ, como acontece atualmente. Lucas não confirma as informações.

 

De todo modo a PSA está determinada a seguir com a produção naquele país mesmo que, hoje, a Argentina represente um ponto de interrogação no que diz respeito aos campos econômico e político: “Temos uma ofensiva de produtos na região e vamos ver. Foi uma decisão tomada lá atrás, e não se esqueçam que trabalhamos com uma visão de longo prazo”.

 

A empresa pretende realizar um lançamento por ano na região, seguiu o executivo, a começar pelo modelo construído na nova plataforma que, se for o Peugeot 208, será a modular CMP, como foi divulgado no Salão do Automóvel de Genebra em março, onde o compacto Peugeot apareceu ao público pela primeira vez.

 

De acordo com Fabrício Biondo, vice-presidente de comunicação, relações externas e digital, há outro modelo para a região que, no momento, está sendo desenvolvido via realidade virtual pela engenharia brasileira, europeia e a de um país que preferiu manter em sigilo. Para ele o departamento de desenvolvimento local desempenha papel importante no contexto global da multinacional.

 

Para o ano que vem, ainda, a companhia anunciou que lançará a marca Opel na Colômbia, Equador, Peru e Uruguai, por meio de parceiros importadores. O Grupo PSA comprou a empresa da General Motors em 2017, um negócio que fez parte do planejamento de reestruturação da GM em sua operação global.

 

“Temos o objetivo de ter um lançamento por ano e aí vamos seguir com este plano com determinação independente do mercado, porque estamos aqui não apenas para ver o que acontecerá este ano ou no próximo, mas no longo-prazo", disse Lucas. "Seguiremos com determinação e prudência porque é o mais importante, para mim e para toda a equipe da América Latina.”

 

Foto: Divulgação.