Librelato estima alta de 55% na receita

Imagem ilustrativa da notícia: Librelato estima alta de 55% na receita
CompartilheFenatran
14/10/2019

São Paulo – A Librelato projeta para este ano receita de R$ 900 milhões e 14% de participação no mercado nacional de implementos rodoviários. O valor representa alta de 55% sobre o ano passado e 230% com relação a 2017, que foi de R$ 270 milhões. A informação de José Carlos Spricigo, presidente do grupo de Santa Catarina, fez parte da apresentação dos lançamentos que a empresa faz na Fenatran 2019.

 

O executivo também estima a continuidade da expansão em 2020, principalmente pela retomada de obras de infraestrutura por parte do governo federal. “O Brasil está no caminho certo. O que pode trazer alguma complicação são as incertezas externas”.

 

Spricigo confirmou para março do próximo ano a conclusão de obras na matriz em Içara, que agregou mais 9 mil m² para produção fabril e 3 mil m² para área administrativa. O valor investido é de R$ 25 milhões.

 

A empresa tem uma série de novidades na feira. O principal é o graneleiro produzido com nióbio, liga especial de alta resistência, com repercussão no aumento da capacidade de carga, variando de 780 a 1 mil quilos, dependendo do equipamento. A Librelato firmou parceria exclusiva para uso da tecnologia com a CBMM, detentora da exploração da liga no Brasil.

 

Outra iniciativa foi desenvolvida com a Sascar. O resultado é o surgimento do primeiro implemento conectado de fábrica. Também inovador é o furgão lonado estrutural, único no Brasil, que possibilita aplicação no transporte de bebidas e cargas paletizadas. Versatilidade, segurança e maior velocidade na abertura e fechamento das lonas estão dentre os principais atributos.

 

No segmento de reposição, a empresa já tem duas lojas da rede Libreparts, em Içara, e Estreito, MA. De acordo com Fábio Tronca, gerente de marketing, há um cronograma de novas unidades para breve.

 

Foto: Divulgação.