Mercedes-Benz lidera mercado brasileiro de caminhões

Imagem ilustrativa da notícia: Mercedes-Benz lidera mercado brasileiro de caminhões

São Paulo – Com crescimento superior à média do mercado de caminhões e bom resultado em todos os segmentos – se não liderou, ficou na vice-liderança – a Mercedes-Benz fechou 2019, mais uma vez, no topo do ranking do setor. Foram quase 30 mil caminhões comercializados, crescimento de 41,6% com relação a 2018. O mercado cresceu, no ano passado, 33,3%, alcançando 101,3 mil unidades. A líder do mercado ficou no topo, também, dos segmentos leve e semileve.

 

A Volkswagen Caminhões e Ônibus ficou na segunda posição, com 26,7 mil unidades comercializadas. Com relação a 2018 o crescimento chegou a 32,1%. A empresa liderou, também, as vendas nos segmentos médio e semipesados, nos quais a Mercedes-Benz ficou na vice-liderança.

 

Quem ficou na liderança dos pesados foi a Volvo: 14,5 mil unidades vendidas no ano passado, ante 14,1 mil da Mercedes-Benz, que fora a mais vendida do segmento em 2018.

 

Com o desempenho a Volvo garantiu a terceira posição do ranking geral, somando 16,8 mil caminhões vendidos, crescimento de 58,3% com relação ao ano anterior.

 

A Scania ficou na quarta posição, com crescimento de 47,6% e 12,8 mil caminhões comercializados. Mesmo saindo do mercado a Ford ocupou a quinta posição do ranking: foram vendidos 6,5 caminhões da marca, queda de 30,7%.

 

Sem alterações com relação a 2018 a Iveco manteve a sexta posição, com 3,9 mil caminhões vendidos, seguida pela DAF, com 3,2 mil caminhões licenciados. Ambas cresceram acima da média do mercado.

 

Foto: Divulgação.