Produção de caminhões em janeiro cresce 5%

Imagem ilustrativa da notícia: Produção de caminhões em janeiro cresce 5%
Foto Jornalista  Bruno de Oliveira

Por Bruno de Oliveira

CompartilheBalanço da Anfavea
06/02/2020

São Paulo – A produção de caminhões iniciou o ano em crescimento. Segundo dados da Anfavea divulgados na quinta-feira, 6, saíram das linhas instaladas no País 7 mil 169 unidades, volume 5,3% maior do que o registrado em janeiro do ano passado. O resultado positivo, segundo o presidente Luiz Carlos Moraes, mostrou que indústria aposta certo quando afirma que 2020 será um ano de crescimento no setor.

 

Afora o mantra taxa de juros e da baixa inflação controlada, o aumento da produção de caminhões se deve também à renovação de frota e ao efeito Fenatran.

 

“Crédito disponível e perspectiva de uma grande safra, novamente, são fatores que contribuirão para o fechamento de negócios envolvendo caminhões.”

 

O cenário coincide com o observado ao longo do ano passado, que ficou marcado pela força dos negócios envolvendo caminhões pesados na sustenção das vendas. Este ano, por outro lado, há uma diferença: “Devemos contar com um aumento importante das vendas de semipesados por causa das demandas da construção civil”.

 

As exportações de caminhões 71% maiores em janeiro também refletiram no crescimento da produção no mês.

 

Do total produzido em janeiro 3 mil 513 unidades correspondem ao modelos pesados, volume 12% maior do que o registrado em janeiro de 2019. No caso dos semipesados 1 mil 989 unidades foram produzidas no período, 10% a mais.

 

Houve quedas nos volumes de produção nos modelos médios, leves e semileves em janeiro. Saíram das linhas 204 unidades de médios, 37% a menos, 1 mil 423 unidades de leves, 3% a menos, e quarenta unidades de semileves, volume 44% menor do que o produzido em janeiro do ano passado.

 

Foto: Divulgação.