FCA atrai mais fornecedores para Pernambuco

Imagem ilustrativa da notícia: FCA atrai mais fornecedores para Pernambuco
Foto Jornalista  André Barros

Por André Barros

CompartilheFornecedor
12/02/2020

São Paulo – Na semana passada a Yazaki, fornecedora de chicotes elétricos da FCA, organizou cerimônia para celebrar o início das obras de sua nova fábrica em Bonito, PE, a pouco mais de 100 quilômetros do Polo Automotivo Jeep, em Goiana. Na presença do governador do Estado, Paulo Câmara, o presidente Lázaro Figueiredo anunciou investimento de R$ 60 milhões e prometeu gerar em torno de 1,6 mil empregos diretos.

 

De longe o presidente da FCA, Antonio Filosa, comemorou a chegada de mais um fornecedor próximo à fábrica de onde saem Compass, Renegade e Fiat Toro. Agora são 31, segundo ele, catorze fora do terreno da fábrica: “Termos fornecedores próximos ataca a nossa principal ineficiência: a logística. Pernambuco é um excelente Estado, nos recebeu bem, fornece mão-de-obra qualificada, mas é longe e tem uma infraestrutura difícil”.

 

A meta traçada pelo executivo é chegar a cinquenta fornecedores próximos à Jeep até 2024, quando termina o atual ciclo de investimento de R$ 14 bilhões da FCA na América Latina. As prioridades foram peças de grande volume e difícil transporte, como bancos, peças plásticas como para-choques, painel de instrumentos. Agora, fornecedor de qualquer componente é bem-vindo – mas, especialmente, os ainda importados.

 

“O índice de nacionalização de Goiana está na casa dos 70%. Deste volume 30% são produzidos na região. Queremos subir para 50% essa localização e para 75% o índice de nacionalização. Em Betim temos de 92% a 93% da produção nacional, mas é difícil alcançar este volume.”

 

Da unidade pernambucana sairá, até o fim do ciclo de investimento, um novo modelo Jeep – que deverá ser produzido em outras unidades FCA ao redor do mundo, pois foi bem aceito pela diretoria global. Filosa disse que o investimento contempla, também, mudanças em Renegade, Compass e Toro e nas linhas de produção de motores, bem como sistemas de infotainment.

 

Foto: Divulgação.