Fiat 500 elétrico chega até dezembro

Imagem ilustrativa da notícia: Fiat 500 elétrico chega até dezembro
Foto Jornalista  André Barros

Por André Barros

CompartilheTecnologia
12/02/2020

São Paulo – A Fiat confirmou a chegada de seu primeiro veículo elétrico no mercado brasileiro: até o fim do ano o 500 BEV desembarcará, importado, na rede concessionária. O anúncio foi feito pelo presidente da FCA, Antonio Filosa, na quarta-feira, 12 – e ele adiantou, também, que a Jeep terá o Compass híbrido plug-in em 2021.

 

A intenção do presidente é testar a receptividade dos modelos eletrificados pelos consumidores nacionais. A princípio o híbrido não será flex, mas Filosa não descarta, no futuro, adotar a tecnologia e, quem sabe, produzir modelos eletrificados nacionalmente.

 

“Aos poucos vamos analisando quando deveremos aumentar a escala, conforme a demanda. Justificando a produção local analisaremos se há fornecedores interessados e apresentaremos um plano aos nossos acionistas.”

 

O 500 elétrico será uma das seis ações de produto que a FCA prepara para o Brasil em 2020. Filosa revelou outras duas: a picape Strada, cujo desenho já não é mais mistério e deverá chegar ao mercado nas próximas semanas, e a picape RAM 1500, prometida para o segundo semestre: “Ainda haverá outras ações, reformulações de modelos”.

 

Até o fim do ciclo atual de investimento, de R$ 14 bilhões, a FCA lançará 25 modelos, dentre novos e versões, no Brasil. No ano passado foram seis os lançamentos que, somados aos seis deste ano, chegam a quase metade do prometido. Três produtos completamente inéditos devem chegar a partir de 2021: dois SUVs Fiat, produzidos em Betim, e um novo modelo Jeep, que sairá das linhas de Goiana, PE.

 

Este Jeep, contou Filosa, será global: poderá ser comercializado e produzido em outras unidades FCA ao redor do mundo: “Foi um produto que caiu no gosto da diretoria”.

 

Além dos modelos os motores Firefly Turbo produzidos em Betim chegarão ao mercado até o fim do ano, em versões 1.0 e 1.3.

 

Foto: Divulgação.