Exportações da América Latina já crescem 10%

Imagem ilustrativa da notícia: Exportações da América Latina já crescem 10%
CompartilheComércio Exterior
30/10/2017

A América Latina e o Caribe deixarão para trás, em 2017, meia década de queda dos preços de sua cesta de exportação e, ain da, alcançarão crescimento de 10% no valor de suas vendas de bens para o Exterior, de acordo com novas estimativas apresentadas na segunda-feira, 30, pela Cepal, Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe, em Santiago, Chile.

 

Os dados fazem parte do relatório anual Perspectivas do Comércio Internacional da América Latina e do Caribe, que indica que as importações da região também se recuperarão. A entidade projeta alta de 7% nas importações em 2017 após quatro anos de queda. 

 

"Embora se observe uma grande incerteza nos âmbitos macroeconômico, tecnológico e geopolítico em nível internacional, contribuíram para o aumento do comércio da América Latina e do Caribe o maior dinamismo da demanda agregada em alguns de seus principais parceiros comerciais, a recuperação do crescimento na própria região — que se espera cresça 1,2% em 2017 e 2,2% em 2018, após dois anos de recessão —, o maior preço de vários de seus produtos básicos de exportação e o desmantelamento das restrições alfandegárias e não alfandegárias em alguns de seus países."

 

A recuperação das exportações regionais será liderada pelas vendas para a China e para o restante da Ásia, com aumento em valor de 23% e 17%, respectivamente. As vendas aos Estados Unidos e para a própria região terão expansão de 9% e 10%, respectivamente. Já para a União Europeia a alta será de 6%.

 

 Foto: divulgação