Indústria brasileira perde espaço no mercado mundial

Imagem ilustrativa da notícia: Indústria brasileira perde espaço no mercado mundial
CompartilheComércio Exterior
31/10/2017

O Brasil vem perdendo importância dentro da economia global revela o estudo Desempenho da Indústria no Mundo feito pela CNI, Confederação Nacional da Indústria. Em dez anos, de acordo com o levantamento, a participação do Brasil caiu tanto na produção como nas exportações: a fatia das exportações brasileiras de produtos manufaturados no total mundial diminuiu 0,24 ponto percentual de 2005 a 2015 e ficou em 0,58%. A participação da China, no período, aumentou 8,83 pontos porcentuais e a da Coreia do Sul 0,55 ponto porcentual.

 

Nos últimos dez anos a participação brasileira na produção mundial de manufaturados caiu 0,9 ponto porcentual, e passou de 2,74% em 2006 para 1,84% em 2016. No mesmo período a fatia da indústria chinesa cresceu 11,80 pontos porcentuais e a da Coreia do Sul subiu 0,56 ponto porcentual.

 

O ritmo de queda da participação da indústria brasileira no total da produção mundial se acentuou, desde 2014, devido ao agravamento da crise econômica interna. Com base nos dados da Unido, organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial, a CNI informa que a participação da indústria brasileira na produção mundial caiu 0,24 ponto porcentual de 2015 a 2016, período em que a da China aumentou 0,9 ponto porcentual.

 

O Brasil não perde espaço apenas para China e Coreia do Sul, pois também está atrás do México, um dos seus principais concorrentes na América Latina: de 2005 a 2015 a fatia do México nas exportações de produtos manufaturados aumentou 0,45 ponto porcentual e a do Brasil encolheu 0,24 ponto porcentual.

 

Foto: Fotos Públicas