Ford tem prejuízo na América do Sul

Imagem ilustrativa da notícia: Ford tem prejuízo na América do Sul

São Paulo – A receita da Ford na América do Sul, em 2018, foi de US$ 5,3 bilhões, informou a companhia por meio de comunicado na quarta-feira, 23. O valor é US$ 500 milhões menor do que o registrado em 2017 em função das quedas nas receitas registradas no terceiro e quarto trimestre do ano passado, reflexo da crise argentina que derrubou as vendas da companhia em 44% negativos. No Brasil, por outro lado, o resultado das vendas, na comparação com 2017, cresceu 17%.

 

A operação na região no ano passado, no entanto, registrou prejuízo, aponta o balanço anual. Na América do Sul, o Ebit, indicador de lucro antes de juros e impostos, foi US$ 678 milhões negativo. Em 2017, a empresa obteve lucro na região de US$ 75 milhões, indicou o balanço financeiro.

 

A empresa também registrou perdas em outras regiões. Na Europa, mercado em que obteve lucro no ano passado, registrou prejuízo de US$ 398 milhões no ano passado. A receita, porém, cresceu no continente: US$ 31,3 bilhões contra US$ 1,6 bilhões em 2017. Na região da Ásia-Pacífico sofreu uma perda de US$ 1,1 bilhão após um lucrativo 2017. A receita nesse mercado, no ano passado, foi de US$ 12,4 bilhões.

 

Na América do Norte, onde mantém sua matriz, por outro lado, a receita foi positiva: US$ 96,6 bilhões, US$ 3,3 bilhões a mais do que a receita registrada na região em 2017. Houve lucro de US$ 7,6 bilhões, mostrou o balanço. No ano passado, a empresa registrou perda de US$ 500 milhões.

 

Foto: Divulgação.