Unidas compra 1 mil 250 Renault Kwid

Imagem ilustrativa da notícia: Unidas compra 1 mil 250 Renault Kwid

A Unidas, empresa de locação e também venda de seminovos, concluiu a compra de lote de 1 mil 250 unidades do Renault Kwid para expandir a oferta de veículos compactos, a qual conta ainda com o modelo Fiat Mobi. A fabricante já entregou os veículos e, segundo a locadora, é a primeira frota do modelo em circulação no País.

 

A Renault é uma das principais parceiras da Unidas no fornecimento de veículos negociados diretamente entre as partes, modalidade de negócio que vem crescendo no segmento de locação. O sedã Logan e o hatch Sandero são parte expressiva da frota da companhia, que agora aposta em um grupo novo de locação composto por veículos compactos.

 

Segundo Levi Fonseca, diretor executivo da Unidas, a escolha pelo modelo se deu pela disponibilidade de entrega ainda este ano e o fato da empresa considerar que o carro possui interessante custo total de propriedade quando analisados fatores como consumo, manutenção e depreciação:

 

“Temos parceria com as maiores montadoras do País e sempre avaliamos as opções no momento de expandir a frota. O Kwid é um modelo novo, que tem tido grande destaque no mercado. Ele faz parte do mesmo grupo de veículos que o Fiat Mobi. Não os consideramos concorrentes, mas duas ótimas opções para quem busca uma opção econômica para alugar um carro”.

 

O anúncio da aquisição surge após a Unidas, que tem capital aberto na bolsa de valores de São Paulo, captar R$ 500 milhões no mercado financeiro para refinanciar a dívida que havia contraído com a compra de veículos para sua frota nos últimos anos. O valor captado, acima do esperado pela companhia, aliviou a pressão dos juros sobre a dívida e criou um cenário favorável a novos investimentos.

 

De acordo com dados da Fenabrave, as vendas diretas de automóveis até outubro representaram 35,29% das vendas totais praticadas no mercado brasileiro. Desde agosto, quando foi lançado no País, o Kwid teve 4 mil 634 unidades vendidas de maneira direta. As vendas do modelo no varejo chegaram a 12 mil 894 unidades. O Fiat Mobi, lançado bem antes, em abril, alcançou as 19 mil 604 unidades em vendas diretas e 24 mil 701 unidades no varejo.

 

Um eventual avanço do Kwid no segmento das locadoras pode fazer com que a Renault ganhe força na disputa com Volkswagen e Fiat pelo mercado. Até outubro, de acordo com a Fenabrave, a Renault deteve 12,71% das vendas diretas, fatia levemente menor que a da Fiat, 13,09%, e a da VW, 13,47%, no período. A líder do segmento, General Motors, teve uma participação de 19,61% das vendas diretas no País até outubro.

 

Foto: Divulgação