Arteb: dívidas equacionadas e busca pela expansão.

Imagem ilustrativa da notícia: Arteb: dívidas equacionadas e busca pela expansão.

Depois de entrar em um processo de recuperação judicial em 2016, a Arteb, fabricante de iluminação, equacionou as dívidas e projeta crescimento de dois dígitos para este ano. Em entrevista exclusiva a AutoData, o vice-presidente Edson Brasil, falou sobre os planos da empresa e de todo o processo de reorganização que começou com o pedido de recuperação judicial:

 

“Em 2016, depois de 82 anos de existência, mergulhamos em um processo de reorganização, que foi também uma oportunidade de a empresa, além das finanças, fazer a reorganização de todo o processo produtivo, de gestão e reconhecimento dos talentos, com o treinamento de profissionais”.

 

Essa nova etapa levou a companhia a iniciar também um projeto de expansão do faturamento. De 2016 para 2017, teve um crescimento de 5% nos negócios. Para este ano, a meta é chegar a dois dígitos, com alta de 10%.

 

Para alcançar os objetivos, a empresa fez a lição de casa, como diz Brasil, entre os quais ele cita a otimização do parque fabril. A companhia tinha operações em São Bernardo do Campo e Diadema, ambas em SP, Camaçari, BA, e Gravataí, PR, que atendiam respectivamente Ford e General Motors, optou por encarrar as unidades de Diadema e Gravataí e transferir a produção para São Bernardo. Com a mudança, enxugou os custos e manteve a capacidade de produção.

 

A Arteb, que chegou a ter dois mil funcionários trabalha hoje com 1,3 mil profissionais e mantém a capacidade instalada para 4 milhões de veículos por ano.

 

“Conseguimos trazer nossa capacidade produtiva de Gravataí para São Bernardo e, com isso, conseguimos manter nossa produção com um custo menor”.

 

Em São Bernardo a empresa trabalha hoje com 70% da capacidade instalada, mas as expectativas são positivas. Ano passado a companhia trabalhou com dois turnos nesta planta e este ano já está com dois turnos e meios. Em Camaçari a unidade atua com a capacidade máxima, com três turnos, e já estuda expansão.

 

ESTRATÉGIA – Para alcançar o objetivo de expansão dos negócios, a empresa se ampara em três pontos: mudança tecnológica, expansão do aftermarket e internacionalização.

 

“Estamos colhendo os frutos dos investimentos que iniciamos há dez anos em tecnologia e hoje temos 100% de capacidade para atender à demanda dos nossos clientes por produtos inovadores”.

 

Ele comenta que entre as novidades estão os faróis de full lead, que traz uma eficiência maior na iluminação e no designer.

 

Em relação à internacionalização, a empresa tem o foco de buscar clientes em novas regiões, com México e Estados Unidos no radar da companhia. “Expandir para o mercado internacional é o próximo passo desse processo”.

 

HISTÓRICO – A Arteb é uma empresa com capital 100% nacional, fundada em 1934 e desde 1959 fornece faróis para montadoras instaladas no País. À época da recuperação judicial no início de 2016 a estimativa é que a dívida da empresa em pelo menos R$ 70 milhões, conforme reportagem publicada pela AutoData em março de 2016. O executivo da empresa diz, devido ao processo de recuperação judicial, não pode revelar os números da companhia, mas afirma que a dívida está equacionada.

 

Foto: Divulgação.