A ofensiva híbrida da Volvo Cars

Imagem ilustrativa da notícia: A ofensiva híbrida da Volvo Cars
CompartilheLançamento
28/09/2018

São Paulo - “O melhor momento de iniciar a transição para a eletrificação com tecnologias híbridas plug in é agora. Os lançamentos entregam tudo o que os modelos com motor a combustão já oferecem, mas com essa nova tecnologia”, avalia Luís Rezende, presidente da Volvo Cars do Brasil sobre as oportunidades do mercado premium no Brasil.

 

O otimismo se afiança no volume de veículos Volvo híbridos plug in entregues este ano -- 150 até agora, estima Rezende. Em 2019 a expectativa é que sejam negociadas até 1 mil unidades híbridas plug in, algo como 12% de todas as vendas no País. Além das novas versões do XC60 e do S90, a Volvo vende o SUV XC90 com motorização híbrida plug in.

 

O cliente premium disposto a desembolsar ao menos R$ 300 mil em veículos com essa tecnologia não abre mão do padrão de conforto e segurança que a Volvo entrega em seus outros modelos. Eles também estão em busca de outros atributos, como contribuir para reduzir as emissões de poluentes dos seus carros e, principalmente, autonomia. Esta é uma novidade e um argumento de vendas dos veículos híbridos que estão atraindo os consumidores dessa categoria, segundo o presidente da Volvo Cars.

 

Os dois modelos com motorização T8 -- sigla para identificar os híbridos plug in -- têm motor de 407 cv, sendo 320 cv gerados pelo motor 2.0 combinado com um elétrico de 87 cv. De acordo com a marca, são os dois veículos mais rápidos da Volvo no País. O XC60 T8 faz de 0 a 100 km/h em 5,3 segundos e o S90 atinge essa velocidade em apenas 4,9 segundos.

 

Ou seja, desempenho também é característica que o cliente premium valoriza. Mas agora ele está de olho no resultado da autonomia, sobretudo na cidade. Esses novos modelos fazem mais de 18 km/l rodando no modo elétrico, segundo a Volvo. Durante curto test drive na sexta-feira, 28, pelas ruas congestionadas da capital paulista o XC60 T8 marcou 31 km/l em baixa velocidade e modo 100% elétrico.

 

O sedã S90 T8 já está disponível para entrega. É o modelo mais luxuoso e vem equipado com algumas novidades no segmento, além de todo o pacote de acabamento, tecnologia e itens de segurança ativa e passiva da linha 90 da Volvo. É o único sedã no País com suspensão pneumática ativa no eixo traseiro. E vidros laminados especiais para trazer mais conforto para a cabine. De acordo com o diretor comercial, João Oliveira, foram feitas sete reservas desse modelo, vendido a R$ 365 mil 950.

 

Já o XC60 T8 tem 70 unidades negociadas em ação pré-venda, com as entregas programadas para outubro, quando a rede terá o modelo para pronta entrega. O presidente Luís Rezende tem grande expectativa no desempenho até o fim do ano. “Com o posicionamento de mercado e todos os atributos espero que seja possível negociar 260 unidades até dezembro”.

 

O SUV híbrido plug in é ofertado a R$ 299 mil 950 na versão R-Design, a configuração mais luxuosa e esportiva da linha 60. É uma diferença de quase R$ 100 mil para os principais concorrentes desse segmento: Mercedes-Benz GLC AMG, BMW M40i e Audi SQ5, segundo estudos de mercado da Volvo, ofertados na faixa dos R$ 390 mil.

 

Fotos: Divulgação.