Argentina concede incentivos para vendas de veículos

Imagem ilustrativa da notícia: Argentina concede incentivos para vendas de veículos
CompartilheInternacional
05/06/2019

São Paulo – O governo argentino divulgou na terça-feira, 4, um programa de incentivos para tentar recuperar as vendas de veículos zero quilômetro no mercado local – que, de janeiro a maio, amargaram retração de 51% com relação aos cinco primeiros meses do ano passado. Chamado de Juni0KM, concederá durante trinta dias descontos aos modelos ofertados pelas empresas que aderirem ao programa.

 

O consumidor que comprar um carro em junho, de até R$ 65 mil, ganhará uma redução de 50 mil pesos, R$ 4,3 mil. Para modelos acima deste valor o desconto é de 90 mil pesos, R$ 7,8 mil. O governo convidou também as províncias a reduzirem os impostos que incidem sobre os licenciamentos.

 

O comunicado divulgado pelo Ministério da Produção não explicou com pormenores de onde sairão esses benefícios. Diz que o apoio do governo virá “por meio de recursos que permitirão menores custos locais de produção”. As montadoras e concessionárias, por sua vez, se comprometeram a não reajustar os preços dos veículos por todo o mês.

 

Segundo o ministro da Produção e Trabalho, Dante Sica, a ideia é revitalizar o mercado interno enquanto o governo busca medidas para ampliar as exportações. As montadoras locais estão investindo para ampliar as vendas externas, mas a maior parte dos projetos começará a sair das linhas em 2020 e 2021 – por isso o cuidado do ministério em reforçar o mercado doméstico e garantir volumes para o período atual.

 

Em nota, Fernando Gamboa, presidente da Adefa, a associação que representa as fabricantes da Argentina, afirmou que, dentro do contexto atual do setor, é importante contar com um plano para aumentar a demanda. “Ainda que seja prematuro estimar seu resultado, entendemos que nos permite gerar uma mudança de expectativas e, por consequência, uma maior circulação nas lojas e ampliar os volumes”.

 

Foto: Divulgação.