Vendas de importados caem 9% até maio

Imagem ilustrativa da notícia: Vendas de importados caem 9% até maio

São Paulo – As vendas de veículos importados caíram 9,4% até maio, na comparação com o mesmo período do ano passado, chegando a 13 mil 538 veículos no período, de acordo com os dados divulgados pela Abeifa, associação que representa as marcas importadas. Segundo José Luiz Gandini, presidente da Abeifa, se o ritmo de vendas continuar assim o setor somará cerca de 32 mil unidades vendidas no ano, volume distante dos 50 mil veículos projetados em janeiro:

 

“Estamos apreensivos e na torcida para que a economia retome um ritmo mais acelerado de crescimento e que a confiança consumidor também, porque até o momento, esse fator e o dólar acima dos R$ 4,00 estão impactando o setor”.

 

Em maio, quando os licenciamentos somaram 3 mil 94 unidades, houve queda de 4,4% na comparação com o mesmo mês de 2018. Na comparação com abril, o setor registrou alta de 4,9%.

 

Marcas e modelos – No ranking de vendas por marca a Kia ficou na liderança do acumulado até maio, com 4 mil 51 licenciamentos, volume 22,6% menor do que as vendas da empresa no mesmo período do ano passado. A Volvo ocupou a segunda posição, com 2 mil 932 modelos vendidos, crescimento de 37,6% na mesma base de comparação, seguida pela BMW, que vendeu 1 mil 708 veículos, expansão de 55%. 

 

Por modelos importados, o ranking dos mais vendidos no País segue dominado por duas marcas: Kia e Volvo. O Sportage, SUV da Kia, foi o modelo importado mais vendido no Brasil, com 1 mil 789 unidades licenciadas, seguido pelo XC60, da Volvo, que registrou 1 mil 219 emplacamentos. Na terceira posição ficou outro modelo da Volvo, o XC40, com 1 mil 29 licenciamentos.

 

Fotos: Divulgação.