Caminhões: vendas cresceram 38% até outubro.

Imagem ilustrativa da notícia: Caminhões: vendas cresceram 38% até outubro.
Foto Jornalista  Bruno de Oliveira

Por Bruno de Oliveira

CompartilheBalanço da Anfavea
06/11/2019

São Paulo – As vendas de caminhões, no acumulado do ano, chegaram a 83 mil 673 unidades, volume que representa alta de 38% sobre o resultado de igual período no ano passado. Segundo dados divulgados pela Anfavea na quinta-feira, 6, as vendas de pesados apresentaram o maior porcentual de crescimento no janeiro-outubro, chegando a 42 mil 919 unidades. Neste caso a alta foi de 57,5% sobre 2018.

 

Em outubro as vendas somaram 9 mil 418 unidades, maior volume desde 2014 e que representou alta de 38% sobre as de outubro do ano passado.

 

As vendas de semipesados somaram, no acumulado do ano, 18 mil 966 unidades, alta de 32%. Já no caso dos médios as vendas chegaram a 8 mil 389 unidades, 38% a mais. E as vendas de caminhões leves apresentaram retração de 3,5% até outubro.

 

A montadora que mais vendeu caminhões, no período, foi a Mercedes-Benz, com 25 mil 63 unidades. O volume registrado representa alta de 50% sobre o observado nos primeiros dez meses do ano passado. A Volkswagen Caminhões e Ônibus vendeu 21 mil 810 caminhões, alta de 32,6%, e a Volvo 13 mil 148 unidades, 52% a mais.

 

De acordo com Luiz Carlos Moraes, presidente da Anfavea, ainda é cedo para afirmar que o crescimento registrado das vendas seja reflexo do volume vendido pelas montadoras durante a Fenatran. Tais reflexos, segundo ele, poderão ser percebidos de novembro em diante.

 

Foto: Divulgação.