Frutos do Grupo Traton amadurecem para 2022

Imagem ilustrativa da notícia: Frutos do Grupo Traton amadurecem para 2022

São Paulo -- O mercado deverá ver os primeiros frutos do Grupo Traton, formado em julho de 2018 e composto por MAN, Volkswagen Caminhões e Ônibus, Scania e RIO, a partir de 2022, para quando são esperados os anúncios dos investimentos dessas companhias em novo ciclo que se iniciará em praticamente dois anos.

 

O principal objetivo da constituição do grupo -- no caso, a compra conjunta e compartilhamento de despesas em nível global --, já foi atingindo e, hoje, é uma realidade, disse Ricardo Alouche, vice-presidente de vendas da VWCO, na quarta-feira, 4. Segundo ele atualmente as companhias já compartilham componentes.

 

Imagem ilustrativa da notícia: Frutos do Grupo Traton amadurecem para 2022

 

O segundo argumento apontado como pilar para a formação do conglomerado, o compartilhamento de tecnologias, encontra-se em desenvolvimento dentro das engenharias das companhias:

 

"A partir de 2022 será possível ver os frutos da parceria das empresas: será o momento em que os projetos se cruzarão no futuro. O que pode acontecer, por exemplo, é o compartilhamento de motores que, apesar das diferenças particulares de cada modelo, poderão ter o mesmo bloco, o mesmo cabeçote".

 

Na ideia da construção do grupo a sede tecnológica seria a Suécia, na estrutura da Scania, ao passo que o desenvolvimento ligado à manufatura teria como base a Alemanha, nas estruturas produtivas da Volkswagen. Haverá também suporte da Navistar, nos Estados Unidos.

 

Foto: Divulgação.