Produção na Argentina supera 300 mil unidades

Imagem ilustrativa da notícia: Produção na Argentina supera 300 mil unidades

São Paulo -- A produção de veículos na Argentina somou, até novembro, 300 mil 263 unidades, volume que representa queda de 33% ante o janeiro-novembro do ano passado. O dado foi divulgado pela Adefa na quarta-feira, 4.

 

Apenas em novembro, de acordo com o balanço, as linhas em operação no país produziram 27 mil 99 unidades, volume inferior ao registrado em outubro, quando foram produzidos 31 mil 834 veículos.

 

A entidade não comentou, mas pode ser que a queda na produção tenha como origem, afora a retração das demanda no mercado interno, a paralisação de fábricas no País e a recorrente redução do ritmo que as montadoras imprimem no último trimestre do ano.

 

Do total produzido no acumulado do ano 103 mil 680 unidades correpondem à produção de automóveis, volume 49% menor do que o registrado em igual período no ano passado. O volume restante corresponde a veículos comerciais, segmento no qual a retração foi de 19%.

 

As exportações acumuladas no ano somaram 205 mil 283 unidades, recuo de 16% ante o volume embarcado no janeiro-novembro de 2018. Apenas em novembro foram exportadas 17 mil 921 unidades, 31% a menos do que em novembro do ano passado. Houve queda no volume também na comparação com os embarques realizados em outubro, quando foram exportadas mais de 19 mil unidades. O Brasil foi o destino de 67% do volume exportado pelas montadoras instaladas na Argentina até novembro.

 

As vendas aos concessionários, nos onze meses do ano, somaram 341 mil 323 unidades, queda de 46% ante igual período no ano passado. Apenas em novembro as vendas chegaram a 22,9 mil unidades, 30% a menos do que o volume vendido em outubro de 2018. Foi o menor volume de vendas do ano.

 

Os licenciamentos, no varejo, caíram 35,5%, para 25,6 mil unidades em novembro. No acumulado do ano somam 438,2 mil automóveis, comerciais leves e pesados, recuo de 43,4%.

 

Foto: Divulgação.