Toyota e Lexus também estão fora do Salão de São Paulo

Imagem ilustrativa da notícia: Toyota e Lexus também estão fora do Salão de São Paulo
Foto Jornalista  André Barros

Por André Barros

CompartilheEmpresa
30/01/2020

São Paulo – Mais duas marcas confirmaram sua ausência no Salão do Automóvel de São Paulo 2020, previsto para novembro no São Paulo Expo. O presidente da Toyota do Brasil, Rafael Chang, anunciou que Toyota e Lexus não montarão estande este ano, a exemplo de BMW e Mini, que no começo do ano afirmaram pretender direcionar seus investimentos em marketing para outros fins.

 

Segundo Chang o foco da Toyota, em 2020, será “mobilidade e experiências”. A menina dos olhos da companhia no Brasil, atualmente, é a Toyota Mobility Services, sistema de carsharing lançado no ano passado. O discurso da matriz é o de que a companhia tornou-se uma empresa de mobilidade, não mais uma mera fabricante de automóveis.

 

Patrocinadora oficial dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 a Toyota mostrará um pouco de sua nova visão sobre si no evento, abusando de demonstrações de tecnologias de mobilidade, veículos autônomos, elétricos e conceitos de micromobilidade. Na CES, em Las Vegas, Nevada, apresentou o protótipo de uma cidade no futuro que ajudará a construir na base do Monte Fuji, no Japão.

 

Na América Latina agora as decisões a respeito de investimentos em propaganda são tomadas a partir de Buenos Aires, para onde o escritório central de marketing da região foi transferido no ano passado – ficava em Tóquio. Segundo Massahiro Inouhe, CEO para a América Latina e Caribe, o Brasil é a sede regional de engenharia e manufatura e a Argentina ficou com vendas e marketing.

 

Ainda assim produzir e vender veículos segue sendo negócio fundamental para sustentar a companhia. Portanto as novidades continuam a chegar: nos próximos meses uma versão especial da Hilux, a Gazoo Racing, chegará ao mercado nacional. Em paralelo segue em curso o investimento de R$ 1 bilhão para produzir um novo modelo, SUV, em Sorocaba, SP – mas esse só deve chegar ao mercado em 2021.

 

No ano passado as vendas Toyota foram recorde para o Brasil: 215 mil veículos comercializados.

 

Foto: Divulgação.