Vendas de pneus recuam 6% em fevereiro

Imagem ilustrativa da notícia: Vendas de pneus recuam 6% em fevereiro
Foto Jornalista Redação AutoData

Por Redação AutoData

CompartilheResultado
20/03/2020

São Paulo – As fabricantes brasileiras de pneus registraram queda de 5,9% nas vendas de fevereiro, comparadas às do mesmo mês do ano passado. Segundo a Anip, Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos, o declínio foi puxado pelo menor volume de vendas para a montadoras, 9,3%, e pela reposição, recuo de 4,6%.

 

O setor registrou queda em todos os segmentos: 4,1% em pneus de passeio, 2,5 milhões de unidades, 5,9% em pneus de carga, 590,8 mil unidades, 9,4% em pneus de motocicletas, 748,8 mil unidades, e 4,4% em pneus de comerciais leves, 585 mil unidades.

 

Klaus Curt, presidente da Anip, classificou como preocupante o início do ano, que segue um 2019 sem crescimento do setor: “As expectativas para 2020 dependem do retorno das atividades após a pandemia de Covid-19".

 

Na sexta-feira, 20, a Pirelli, uma das associadas da Anip, anunciou que parou temporariamente a produção na Argentina e que a partir da segunda-feira, 23, tomará a mesma medida nas três unidades produtivas no Brasil. Os funcionários foram colocados em férias coletivas – e não foi informada a previsão de retorno das atividades.

 

Foto: Alberto Coutinho/GOVBA