Montadoras argentinas entram na luta contra o coronavírus

Imagem ilustrativa da notícia: Montadoras argentinas entram na luta contra o coronavírus
Foto Jornalista  Bruno de Oliveira

Por Bruno de Oliveira

CompartilheCovid-19
31/03/2020

São Paulo -- A Adefa divulgou na terça-feira, 31, que as empresas fabricantes de veículos instaladas na Argentina preparam, em conjunto, medidas de auxílio ao combate à covid-19, assim como algumas fabricantes brasileiras estão fazendo aqui.

 

As medidas anunciadas envolvem abertura das instalações para fabricantes de sistemas respiratórios, emprego do quadro de engenheiros em eventuais projetos, produção de componentes para respiradores, doação de insumos como máscaras e empréstimo de veículos de frota. A Agência AutoData apurou com a entidade que Volkswagen e General Motors são as empresas que oferecem empréstimo de frota de veículos, e que Toyota já teria avançada iniciativa de produzir partes e componentes de respiradores. Todas, segundo a entidade, devem desempenhar uma ou duas medidas propostas.

 

Por ora as empresas ofereceram suporte logístico às fabricantes de equipamentos médicos. Consideram estratégico, segundo a Adefa, por constituírem conjunto de pequenas e médias empresas em sua maioria.

 

Em comunicado o presidente Gabriel López, da Adefa, disse que  "em situações extraordinárias, como a que estamos atravessando em todo mundo, é imprescindível a coloboração de todos os atores da sociedade. Por isso as fábricas querem oferecer ajuda".

 

Na Argentina mantêm fábrica FCA, Ford, General Motors, Honda, Iveco, Mercedes-Benz, Nissan, PSA Peugeot Citroën, Renault, Scania, Toyota e Volkswagen.

 

Foto: Divulgação.