Ford prepara sua rede para o novo normal

Imagem ilustrativa da notícia: Ford prepara sua rede para o novo normal
Foto Jornalista  André Barros

Por André Barros

CompartilheCovid-19
07/05/2020

São Paulo – Pouco se sabe sobre o mundo após o controle da pandemia de covid-19. Não se sabe nem quando, e se, haverá esse controle – enquanto uma vacina não for desenvolvida, o que temos à frente são incertezas. De todo modo algumas medidas começam a ganhar forma no meio da pandemia, sinalizando como será quando estivermos naquele que vem sendo chamado de novo normal. Os protocolos de funcionamento das concessionárias, o principal elo da indústria com o consumidor, são um deles.

 

A Ford, por exemplo, juntou alguns destes protocolos, criou um novo padrão de funcionamento, o Ford Clean, e o repassou para a sua rede.

 

Em pouco mais de uma semana 100% das 285 concessionárias foram certificadas pelo Ford Clean, como a companhia chamou este modelo de funcionamento. Estão prontas para o novo normal: algumas imediatamente, outras quando reabrirem – metade dos showrooms estão abertos e 95% das oficinas funcionando, calcula Natan Vieira, vice-presidente de marketing, vendas e pós vendas para a América do Sul.

 

Dentre os padrões adotados estão cumprimentar clientes sem contato físico, o uso de máscara por funcionários e clientes, espalhar álcool gel pela revenda, limitar a no máximo seis os veículos no showroom, higienizar locais de trabalho e veículos de test-drive e 0 KM: “Os protocolos em alguns casos excedem as recomendações da Anvisa e do Ministério da Saúde”.

 

Idealizados pela equipe brasileira da Ford a cartilha deve ser adotada, também, por concessionárias da Argentina e demais países da região: “Recebemos consultas de operações em outras regiões interessadas na certificação”.

 

Segundo o vice-presidente de estratégia, comunicação e relações governamentais, Rogelio Golfarb, a Ford quer passar para os clientes a sensação de que, ao entrar em uma concessionária, eles estão protegidos do vírus. “Além dos protocolos adotados faremos desinfecção nos veículos. Queremos que o cliente se sinta em um oásis dentro da pandemia”.

 

A desinfecção, inclusive, será comercializada como um serviço pós-venda. O serviço vai além da higienização, já comercializada na rede: promete eliminar, também, microorganismos por meio de processo químico.

 

 

 

 

Em parceria com a 3M, que fornecerá o produto, as oficinas Ford venderão o serviço – que inclui limpeza com o desinfetante especial em cinquenta pontos de muito contato do carro, filtro do ar-condicionado e filtro de pólen – por R$ 129. Por enquanto apenas para clientes Ford, mediante agendamento e tempo de serviço de 30 a 35 minutos.

 

Foto: Divulgação.